Christian Wilhelm Allers

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Christian Wilhelm Allers
Nome nativo Christian Wilhelm Allers
Nascimento 6 de agosto de 1857
Hamburgo
Morte 19 de outubro de 1915 (58 anos)
Karlsruhe
Cidadania Alemanha
Ocupação pintor, desenhista

Christian Wilhelm Allers (6 de Agosto de 185719 de Outubro de 1915) foi um pintor e litógrafo alemão.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Allers, nasceu em Hamburgo numa família de mercadores. Começou por trabalhar como litógrafo na sua cidade natal mas, em 1877, mudou-se para Karlsruhe. Na Kunstakademie ("Academia das Belas Artes") estudou com o Prof. Ferdinand Keller.

De 1880 a 1881 foi mobilizado para a Marinha Alemã em Kiel onde Anton von Werner foi seu patrono. Em Kiel conheceu Klaus Groth, que se tornou seu amigo.

Allers tornou-se conhecido com a publicação da sua colecção de gravuras denominada "Club Eintracht" em 1888. Vários outros livros e colecções de gravuras se seguiram, por exemplo, sobre Bismarck. O sucesso financeiro com a publicação da sua obra permitiu-lhe, na década de 1890, construir uma villa em Capri, na Itália. Aí viveu durante muitos anos, retornando periodicamente a Hamburgo e Karlsruhe, e viajando por todo o mundo.

No Outono de 1902 viu-se envolvido num escândalo. O seu amigo Friedrich Alfred Krupp, outro famoso e rico residente alemão de Capri, foi acusado por jornais italianos de homossexualidade e pederastia. Algumas semanas mais tarde Allers, que "tinha claras tendências homossexuais e gostava de se rodear de rapazes, que frequentemente usava como modelos",[1] foi também acusado, mas em tribunal. Krupp morreu pouco depois, tendo-se presumivelmente suicidado. Allers acabou por escapar antes de ser julgado, tendo sido condenado in absentia a 4 anos e meio de prisão.

Allers deixou Capri e viajou pelo mundo por mais de 10 anos, permanecendo algum tempo na Nova Zelândia, em Samoa e na Austrália. Nesse período, usou frequentemente o pseudónimo "W. Andresen", e ganhou dinheiro a pintar retratos de gente rico. Morreu em 1915 em Karlsruhe, alguns meses depois de regressar à Alemanha.

Arte[editar | editar código-fonte]

Allers foi um pintor naturalista, cujos desenhos eram ricos em detalhes realistas, tanto que muitas vezes padeciam de falta de calor e emoção. Embora realista, Allers por vezes acrescentava pessoas que não estavam presentes nos locais que retratava.

Allers usava frquentemente o lápis nos seus desenhos, e as obras coloridas eram originalmente desenhos a lápis, coloridos a óleo ou pastel posteriormente. Os seus principais temas eram cenas do dia-a-dia (exemplo, Club Eintracht, Spreeathener, Hochzeitsreise), viagens (exemplo, La Bella Napoli, Rund um die Welt, Unter deutscher Flagge) e retratos.

Livros e colecções de litografias[editar | editar código-fonte]

Galeria de desenhos e telas[editar | editar código-fonte]

Refs[editar | editar código-fonte]

  1. Tito Fiorani (Le dimore del mito, La Conchiglia, Capri 1996, pags. 23 e 24

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Christian Wilhelm Allers