Clodulfo de Métis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Clodulfo de Métis
Nascimento Desconhecido
Lorena
Morte 697
Métis
Progenitores
Filho(s) Aunulf
Irmão(s) Ansegisel
Ocupação padre
Religião Igreja Católica
Dinastia carolíngia
Pipinida
Arnulfida
Carolíngia
Após o Tratado de Verdun (843)

Clodulfo (696 ou 697) foi bispo de Métis aproximadamente de 657 a 697.

Clodulfo era filho de Arnulfo, bispo de Métis, e irmão mais novo de Ansegisel, prefeito do palácio da Austrásia.

Antes de sua ordenação Clodulfo casou-se com uma mulher desconhecida, tendo com ela dois filhos. Em 657, ele se tornou bispo de Métis, o terceiro sucessor de seu pai, mantendo o cargo por 40 anos. Durante esse tempo ele decorou esplendidamente a catedral de Santo Estêvão. Ele também esteve em contato próximo com sua cunhada Santa Gertrude de Nivelles.

Ele morreu em 8 de Junho de 696 ou 697 em Métis e foi sepultado na igreja de Santo Arnulfo. Em Nivelles ele foi localmente venerado como Santo Clou, especialmente por sua ligação com Santa Gertrude.

Família[editar | editar código-fonte]

  • Mãe - Doda Ferreol
  • Filhos
    • Gunza (635 - ?)
    • Aunulfo

Precedido por
Godão
Bispo de Métis
657 - 696
Sucedido por
Abão