Comendador Gomes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Comendador Gomes
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Comendador Gomes
Bandeira
Brasão de armas de Comendador Gomes
Brasão de armas
Hino
Gentílico comendadorense
Localização
Localização de Comendador Gomes em Minas Gerais
Localização de Comendador Gomes em Minas Gerais
Mapa de Comendador Gomes
Coordenadas 19° 41' 52" S 49° 04' 51" O
País Brasil
Unidade federativa Minas Gerais
Municípios limítrofes Prata, Itapagipe, Frutal, Campo Florido, Campina Verde
Distância até a capital 617 km
História
Fundação 27 de dezembro de 1948 (72 anos)
Administração
Prefeito(a) Jeronimo Santana Neto (MDB, 2021 – 2024)
Características geográficas
Área total [2] 1 042,882 km²
População total 3 120 hab.
Densidade 3 hab./km²
Clima tropical
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 38250-000 a 38259-999[1]
Indicadores
IDH (PNUD/2000 [3]) 0,795 alto
PIB (IBGE/2008[4]) R$ 80 274,708 mil
PIB per capita (IBGE/2008[4]) R$ 24 953,28
Outras informações
Padroeiro(a) São Sebastião[5]
Sítio comendadorgomes.mg.gov.br (Prefeitura)
comendadorgomes.mg.leg.br (Câmara)

Comendador Gomes é um município brasileiro do interior do estado de Minas Gerais, Região Sudeste do país. Sua população estimada em 2020 era de 3 120 habitantes.[6]

Pessoas notáveis[editar | editar código-fonte]

História da Cidade[editar | editar código-fonte]

A totalidade das terras que hoje constituem o município pertenceram aos fazendeiros João Claudino, Cristino de Freitas e Ildefonso Luiz de Freitas, donos de extenso patrimônio, que ali se instalaram dedicando-se à exploração de gado zebu e gir. As terras, apesar de arenosas, eram propícias às pastagens e possuíam água em abundância, atraindo outros criadores de gado. Por volta do ano de 1900, esses três fazendeiros deliberaram doar suas terras aos padres missionários que se achavam instalados em Campina Verde, cumprindo voto que haviam feito antes de ali se fixarem, e que construíram uma capela, um cemitério e uma escola, determinado-se assim os primeiros marcos para a constituição de povoado, que passou a ser chamado de São Sebastião das Areias de Frutal, enquanto seus moradores o chamavam de Areias. Em 7 de setembro de 1923, foi aprovada pela Câmara de Vereadores de Frutal a Lei nº 843, que elevou o povoado a Distrito de Frutal com o nome de Comendador Gomes. O topônimo atual é uma justa homenagem ao jornalista, musicista e político Joaquim Antônio Gomes da Silva, que prestou relevantes serviços em prol da emancipação do município. O Distrito de Comendador Gomes foi prosperando, a criação de gado expandindo e seus habitantes almejavam a emancipação política. Em 27 de dezembro de 1948, foi criado o município de Comendador Gomes, pela Lei nº 336, desmembrando assim a sua área territorial do município de Frutal. Deu-se a instalação do município em 1º de janeiro de 1949.[7]

Referências

  1. Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. «Busca Faixa CEP». Consultado em 1 de fevereiro de 2019 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  5. Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC). «Lista por santos padroeiros» (PDF). Descubra Minas. p. 1. Consultado em 14 de setembro de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 14 de setembro de 2017 
  6. «Estimativas da População | IBGE 2020». www.ibge.gov.br. Consultado em 20 de maio de 2021 
  7. https://comendadorgomes.mg.gov.br/novo_site/historico/historia_da_cidade.pdf

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.