Frutal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade. Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Município de Frutal
Vista parcial da cidade

Vista parcial da cidade
Bandeira de Frutal
Brasão de Frutal
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 4 de outubro de 1887 (131 anos)
Gentílico frutalense
Lema Paz, trabalho, prosperidade
Padroeiro(a) Nossa Senhora do Carmo
CEP 38200-000
Prefeito(a) Maria Cecilia Marchi Borges (Ciça)[1] (PR)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Frutal
Localização de Frutal em Minas Gerais
Frutal está localizado em: Brasil
Frutal
Localização de Frutal no Brasil
20° 01' 30" S 48° 56' 27" O20° 01' 30" S 48° 56' 27" O
Unidade federativa Minas Gerais
Mesorregião Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba IBGE/2008[2]
Microrregião Frutal IBGE/2008[2]
Municípios limítrofes Campo Florido, Planura, Pirajuba, Comendador Gomes, Itapagipe, Fronteira, SP: Paulo de Faria, Orindiúva, Guaraci e Colômbia.
Distância até a capital 628 km
Características geográficas
Área 2 426,966 km² [3]
População 57 795 hab. IBGE/2015[4]
Densidade 23,81 hab./km²
Altitude 516 m
Clima tropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,730 elevado PNUD/2010 [5][6]
PIB R$ 1 119 966 mil IBGE/2011[7]
PIB per capita R$ 20 740,89 IBGE/2011[7]
Página oficial
Prefeitura www.frutal.mg.gov.br
Câmara www.camarafrutal.mg.gov.br

Frutal é um município brasileiro do interior do estado de Minas Gerais, Região Sudeste do país. Localiza-se na microrregião de mesmo nome. A cidade é grande produtora de abacaxi, cana, grãos, além de ser um dos polos em educação do estado.

História[editar | editar código-fonte]

O nome Frutal é derivado de sua história devido ao tempo de sua fundação, ter riachos cheios de jabuticabas (frutas). Daí a origem de seu nome "Frutal".[8]

Cidade das Águas[editar | editar código-fonte]

Está sendo construído um condomínio temático que agrupa várias instituições estaduais, federais e internacionais com foco em pesquisa, educação e capacitação em águas. Da Cidade das Águas já está em funcionamento a Fundação UNESCO-HidroEX que é um organismo internacional com participação do Governo de Minas, Governo Federal e a chancela da UNESCO. O campus da UEMG-Universidade do Estado de Minas Gerais também já está instalado na cidade das águas.

Atualmente, após a extinção da Fundação UNESCO-Hidroex, o espaço onde está instalada a Cidade das Águas deve ganhar nova denominação, possivelmente Complexo UEMG, uma vez que a Universidade hoje é a responsável pela área.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Sua população, segundo a estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2015, é de 57 795 habitantes. Considerada uma cidade média pequena. Sua área total é de 2.426,966 km² e a densidade demográfica é de 22,03 hab/km².

Limites[editar | editar código-fonte]

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Relevo e topografia[editar | editar código-fonte]

  • Altitude média: 516 m
  • Altitude máxima: 708 m - local: Serra do Sertãozinho
  • Altitude mínima: 390 m - local: Foz do Ribeirão São Mateus
  • Plano: 50%
  • Ondulado: 50%

Clima[editar | editar código-fonte]

Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), referentes ao período de 1961 a 1978, 1980 a 1984 e de 1991 a 2013, a menor temperatura registrada em Frutal foi de 1,4 °C em 21 de agosto de 1965,[10] e a maior atingiu 41,3 °C em 30 de outubro de 2012.[11] O maior acumulado de precipitação em 24 horas foi de 164 milímetros (mm) em 27 de dezembro de 1982. Outros acumulados iguais ou superiores a 100 mm foram 160,2 mm em 18 de março de 1998, 151,2 mm em 3 de janeiro de 1997, 147,2 mm em 1° de abril de 1995, 142,6 mm em 7 de fevereiro de 2013, 122 mm em 27 de janeiro de 1964, 115,4 mm em 3 de março de 1961, 108,8 mm em 29 de março de 1993, 106 mm em 7 de janeiro de 1983 e 100,8 mm em 16 de novembro de 1966.[12] Janeiro de 2003, com 566 mm, foi o mês de maior precipitação.[13]

Dados climatológicos para Frutal
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima recorde (°C) 38,9 39,4 38 37,5 34,9 34,7 35,3 38 40,6 41,3 40,4 39,8 41,3
Temperatura máxima média (°C) 31,2 31,8 31,5 31,5 29 29 29,4 31,7 32,3 33,1 32 31,4 31,2
Temperatura média compensada (°C) 25,6 25,8 25,5 24,8 22 21,3 21,4 23,5 24,9 26,1 25,8 25,6 24,4
Temperatura mínima média (°C) 21,6 21,5 21,2 19,7 16,6 15,4 15,3 16,9 19,1 20,7 21 21,5 19,2
Temperatura mínima recorde (°C) 17,2 17 12,8 7,6 4,7 3,6 3 0,2 7,6 13 12,6 14 0,2
Precipitação (mm) 325,1 209,8 209,8 78,7 38,6 20 9,4 16,3 65,4 110 157,8 232,6 1 473,5
Dias com precipitação (≥ 1 mm) 18 14 13 6 4 2 1 2 5 8 11 16 100
Umidade relativa compensada (%) 78,6 76 76 69,1 76,9 64,4 58,8 52,4 57,4 62,3 69 76,5 67,4
Horas de sol - 184,8 215,4 236,4 236 250,1 256,7 268 217,4 215,9 203,7 182,9 -
Fonte: Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) (normal climatológica de 1981-2010;[14] recordes de
temperatura: 01/01/1961 a 31/08/1978, 01/02/1980 a 30/12/1984 e 01/01/1991 a 27/05/2013)[10][11]

Economia[editar | editar código-fonte]

A base econômica é a agropecuária e a cana-de-açúcar. Também se destaca na produção de abacaxi (terceira maior produtora do país), grãos (em especial soja e milho) e na pecuária leiteira.

Ensino superior[editar | editar código-fonte]

O município de Frutal apresenta as seguintes instituições universitárias:

UEMG: Universidade do Estado de Minas Gerais com os cursos:

FAF: Faculdade Frutal com os cursos:

Administração[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. https://www.eleicoes2016.com.br/cica-pr-mg/
  2. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  3. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  4. «Estimativas populacionais para os municípios brasileiros em 1 de julho de 2014». Estimativa populacional 2014. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2014. Consultado em 8 de fevereiro de 2015 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 31 de julho de 2013 
  6. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2010). «Perfil do município: Frutal, MG». Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil. Consultado em 28 de fevereiro de 2015 
  7. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2011». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 18 de dezembro de 2015 
  8. «Breve histórico». Câmara municipal de Frutal / Diagnóstico Municipal de Frutal – elaborado pelo SEBRAE-MG. Consultado em 5 de maio de 2013 
  9. Azevedo-Santos, Valter M.; Coelho, Paula N.; Deprá, Gabriel de Carvalho; Azevedo-Santos, Valter M.; Coelho, Paula N.; Deprá, Gabriel de Carvalho (2018). «Ichthyofauna of the Ribeirão Frutal and tributaries, upper Rio Paraná basin, Minas Gerais, Southeastern Brazil». Biota Neotropica. 18 (3). ISSN 1676-0603. doi:10.1590/1676-0611-bn-2018-0517 
  10. a b «BDMEP - série histórica - dados diários - temperatura mínima (°C) - Frutal». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 17 de maio de 2015 
  11. a b «BDMEP - série histórica - dados diários - temperatura máxima (°C) - Frutal». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 17 de maio de 2015 
  12. «BDMEP - série histórica - dados diários - precipitação (mm) - Frutal». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 17 de maio de 2015 
  13. «BDMEP - série histórica - dados mensais - precipitação total (mm) - Frutal». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 17 de maio de 2015 
  14. «NORMAIS CLIMATOLÓGICAS DO BRASIL». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 29 de junho de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.