Coroa de Nossa Senhora das Lágrimas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Nossa Senhora das Lágrimas conforme apareceu à Irmã Amália.

A Coroa de Nossa Senhora das Lágrimas (também chamado Terço das Lágrimas de Nossa Senhora) é uma devoção católica romana baseada nas várias aparições que a Irmã Amália de Jesus Flagelado (1901–1977) recebeu de Jesus Cristo e de Maria Santíssima.[1] Esta devoção consiste na recitação de um conjunto de jaculatórias ditadas por Jesus e rezadas através do uso de um terço similar ao da Coroa de Nossa Senhora das Dores.

História[editar | editar código-fonte]

Foi no Instituto das Irmãs Missionárias de Jesus Crucificado, fundado por Dom Francisco de Campos Barreto, Bispo de Campinas, que viveu a Irmã Amália de Jesus Flagelado, a freira agraciada com o fenômeno dos sagrados estigmas de Nosso Senhor Jesus Cristo e com inúmeras aparições marianas. Esta religiosa fez parte das oito primeiras irmãs e foi cofundadora do Instituto, tendo feito os seus votos perpétuos no dia 8 de dezembro de 1931.[2]

Na década de 1930, na cidade de Campinas, do estado de São Paulo, no Brasil, a Virgem Maria e o Seu próprio filho, Jesus Cristo, terão aparecido várias vezes à Serva de Deus Irmã Amália de Jesus Flagelado (de seu nome de batismo, Amália Aguirre), comunicando-lhe muitas mensagens com apelos de oração, de sacrifício e de penitência. A Santíssima Virgem Maria apresentou-se como Nossa Senhora das Lágrimas e ensinou-lhe as jaculatórias da Coroa (ou Terço) das Lágrimas.[3]

No dia 8 de abril de 1930, Nossa Senhora revelou também à Irmã Amália uma nova medalha miraculosa, a medalha da evocação às Suas lágrimas, e pediu-lhe que, conjuntamente com a Coroa (ou Terço), a difundisse pelo mundo inteiro, pois através dessa mesma medalha dar-se-iam muitos prodígios, um grande número de conversões e muitas almas seriam salvas.[4][5] Por ordem da Mãe de Deus, a medalha traz na frente a imagem de Nossa Senhora das Lágrimas entregando a Coroa (ou Terço) das Lágrimas à Irmã Amália, exatamente como aconteceu na aparição de 8 de março de 1930, com as palavras ao redor: '"Ó Virgem Dolorosíssima, as Vossas Lágrimas derrubaram o império infernal!", e no verso, a medalha traz a imagem de Jesus Manietado (ou seja, amarrado durante a Sua Paixão) com as seguintes palavras: "Por Vossa Mansidão Divina, ó Jesus Manietado, salvai o mundo do erro que o ameaça!".[6][7]

Embora a Irmã Amália de Jesus Flagelado, mesmo no ano de 1930, tenha conseguido divulgar a Medalha e a Coroa das Lágrimas, e essa devoção até tenha chegado a alguns países estrangeiros, essa obra de salvação da Mãe de Deus é ainda muito desconhecida.

A recitação da Coroa (ou Terço) das Lágrimas[editar | editar código-fonte]

Irmã Amália de Jesus Flagelado foi a vidente a quem foi ensinada as orações da Coroa (ou Terço) de Nossa Senhora das Lágrimas.

A Coroa de Nossa Senhora das Lágrimas reza-se a qualquer hora do dia, sempre meditando na Paixão de Jesus, nas Dores e nas Lágrimas da Virgem Maria, e com recurso a um rosário que inclua sete grupos de sete contas brancas, assim como a Medalha de Nossa Senhora das Lágrimas.[8]

Oração inicial:

Jesus Crucificado: ajoelhados aos Vossos Pés, nós Vos oferecemos as Lágrimas d'Aquela que Vos acompanhou no Vosso caminho sofredor da Cruz com intenso amor participante. Fazei, ó bom Mestre, que apreciemos as lições que nos dão as Lágrimas da Vossa Mãe Santíssima, a fim de que cumpramos a Vossa Santíssima Vontade aqui na Terra, de tal modo que sejamos dignos de louvar-Vos no Céu por toda a eternidade. Ámen.

Nas contas brancas (que separam os grupos de 7):

Ó Jesus, olhai para as Lágrimas d'Aquela que mais Vos amou na Terra e mais intensamente Vos ama no Céu.

Nas contas brancas (grupos de 7):

Ó Jesus, atendei as nossas súplicas pelas Lágrimas da Vossa Mãe Santíssima.

Nas três contas brancas finais, repete-se três vezes:

Ó Jesus, olhai para as Lágrimas d'Aquela que mais Vos amou na Terra e mais intensamente Vos ama no Céu.

Oração final:

Ó Maria, Mãe do Amor, das Dores e da Misericórdia, nós Vos pedimos: uni as Vossas súplicas às nossas a fim de que Jesus, Vosso Divino Filho, a quem nos dirigimos em nome das Vossas Lágrimas de Mãe, ouça as nossas súplicas e nos conceda, para além das graças que Vos pedimos, a Coroa da Vida eterna. Ámen.

Jaculatórias finais (se devem dizer com toda a confiança):

Por Vossa Mansidão Divina, ó Jesus Manietado, salvai o mundo do erro que o ameaça!
Ó Virgem Dolorosíssima, as Vossas Lágrimas derrubaram o império infernal!

Referências

  1. Renato Carrasquinho; Nossa Senhora das Lágrimas: Aparições, Mensagem e Devoção. Edição: Apostolado Internacional de Nossa Senhora das Lágrimas.
  2. Coroa de Nossa Senhora das Lágrimas – História in TearLove.org
  3. Coroa das Lágrimas de Nossa Senhora in Leiame.net
  4. Revelação e promessas das Lágrimas de Nossa Senhora in Leiame.net
  5. As Aparições, a Coroa e a Medalha das Lágrimas de Maria in Apostolado Internacional de Nossa Senhora das Lágrimas – Site oficial
  6. As Aparições, a Coroa e a Medalha das Lágrimas de Maria in Apostolado Internacional de Nossa Senhora das Lágrimas – Site oficial
  7. Nossa Senhora das Lágrimas. Edições Rainha Vitoriosa do Mundo, 2012. 114 pp.
  8. Renato Carrasquinho; Devocionário de Nossa Senhora das Lágrimas. Edição: Apostolado Internacional de Nossa Senhora das Lágrimas.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Renato Carrasquinho; Nossa Senhora das Lágrimas: Aparições, Mensagem e Devoção. Edição: Apostolado Internacional de Nossa Senhora das Lágrimas.
  • Renato Carrasquinho; Devocionário de Nossa Senhora das Lágrimas. Edição: Apostolado Internacional de Nossa Senhora das Lágrimas.
  • Nossa Senhora das Lágrimas. Edições Rainha Vitoriosa do Mundo, 2012. 114 pp.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]