Cowboy (filme de 1958)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cowboy
Cowboy
Cowboy - Como Nasce Um Bravo (PT)
Como Nasce Um Bravo (BR)
 Estados Unidos
1958 •  cor •  88 min 
Direção Delmer Daves
Gênero faroeste
Distribuição Columbia
Lançamento 26 de março de 1958
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

Cowboy é um filme de faroeste de 1958 realizado por Delmer Daves e estrelado por Glenn Ford e Jack Lemmon. Este filme é uma adaptação do romance semi-autobiográfico de Frank Harris Minhas reminiscências de Cowboy. A personagem de Lemmon baseia-se em Harris. A sequência animada do título de abertura foi criada por Saul Bass.

Foi a primeira vez que o actor Jack Lemmon teve um papel principal no cinema, ao lado do astro Glenn Ford, que teve um dos melhores desempenhos da sua carreira neste filme, depois do desempenho e sucesso que alcançou no filme «O Comboio das 3 e 10/Galante e Sanguinário».

Este filme é considerado pela esmagadora maioria dos fãs e pelos especialistas como um dos melhores westerns de sempre.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Tom Reece (Glenn Ford) é um conceituado vaqueiro que acaba de chegar a Chicago, depois de passar três meses no campo. Numa partida de póquer perde tudo o que tem e vê-se obrigado a aceitar um empréstimo de 3.800 dólares do recepcionista do hotel onde está, Frank Harris (Jack Lemmon), a troco de uma parte do seu negócio de gado. Frank é um aspirante a cowboy que vê, nesse momento, a oportunidade de mudar de vida e concretizar o seu sonho. Mas as coisas afinal revelam-se chocantes: Com o tempo Frank descobre que Tom é pior do que se imaginava; A mulher por quem se apaixonou, Maria Vidal (Anna Kashfi), é obrigada pelo pai a casar-se com um homem de quem não gosta, Paco Mendoza (Victor Manuel Mendoza); O pai, negociante de gado de Tom, de seu nome Señor Vidal (Donald Randolph), humilha Frank à frente de Tom, e este, para salvar-lhe a vida, envergonha-o à frente de todos; A companhia dos capatazes de Tom revela-se mais horrenda do que ele imaginou. É com este avalanche de desgraças que se baseiam as aventuras de um jovem e inexperiente vaqueiro que se consegue transformar num verdadeiro COMBOY, demonstrando a tudo e todos COMO NASCE UM BRAVO.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Glenn Ford como Tom Reece
  • Jack Lemmon como Frank Harris
  • Anna Kashfi como Maria Vidal, Arriaga
  • Dick York como Charlie, Trailhand
  • Rei Donovan como Joe Capper, Trailhand
  • Brian Donlevy como Doutor Bender, Trailhand
  • Víctor Manuel Mendoza como Paco Mendoza, Ramrod
  • Richard Jaeckel como Paul Curtis
  • Vaughn Taylor como Fawler, gerente do Hotel Chicago
  • Donald Randolph como Señor Vidal, o pai da Maria
  • James Westerfield como Mike Adams
  • Eugene Iglesias como Don Manuel de Arriaga
  • Frank DeKova como Alcaide

Lançamento em DVD[editar | editar código-fonte]

O filme foi lançado em DVD na Região 1 pela Sony Pictures Home Entertainment em 14 de maio de 2002, lançado em 2004 em Portugal, com alguns exemplares ainda à venda na FNAC.[1]

Exibição na Televisão[editar | editar código-fonte]

O filme foi exibido em Portugal na RTP, na "Noite de Cinema" do 2ª Programa, de Domingo, dia 29 de Agosto de 1971, mas não foi exibido com o título comercial, mas sim com o título de "Como se Faz um Cowboy". Dois anos depois, em 1973, o filme foi reexibido com o nome original do filme, no Domingo, dia 14 de Outubro, às 15 e 10, na rubrica "Tarde de Cinema" do 1º Programa. Muitos anos mais tarde, o filme foi reexibido na RTP Memória, já com o nome de "Como Nasce um Bravo", no Sábado, dia 21 de Fevereiro de 2009, às 15 horas, na rubrica "Tarde de Cinema", e no Sábado, dia 28 de Novembro, no mesmo horário e na mesma rubrica.

Indicações para prémios[editar | editar código-fonte]

Cowboy foi nomeado para o Óscar de "Melhor edição" em 1958[2] e para o Directors Guild of America Award para "Extraordinária Realização Cinematográfica".[3]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Cowboy (1958)». Amazon.com. Consultado em 9 de julho de 2012 
  2. «1958 Academy Awards». Infoplease.com. HighBeam Research. Consultado em 9 de julho de 2012 
  3. «11th Annual DGA Awards». DGA.org. (Click "Winners and Nominees"). Consultado em 9 de julho de 2012