Saul Bass

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Saul Bass
Nascimento 8 de maio de 1920
Nova Iorque
Morte 25 de abril de 1996 (75 anos)
Los Angeles
Cidadania Estados Unidos
Cônjuge Elaine Makatura Bass
Alma mater Brooklyn College
Ocupação designer gráfico, diretor de cinema, designer, ilustrador, fotógrafo
Prêmios Oscar de melhor documentário de curta-metragem
Causa da morte câncer
Página oficial
http://www.bass-saul.com/

Saul Bass (Nova Iorque, 8 de maio de 1920Los Angeles, 25 de abril de 1996) foi um designer gráfico e cineasta, mais conhecido por seu trabalho de design gráfico no cinema e abertura de filmes, pelo qual é considerado por muitos como um paradigma dessa atividade.

Durante a sua carreira trabalhou com alguns dos maiores cineastas de Hollywood, entre eles Alfred Hitchcock, Otto Preminger, Stanley Kubrick e Martin Scorsese. Dentre as suas aberturas mais conhecidas estão a animação em papel recortado de um viciado em heroína do filme, dirigido por Otto Preminger, O Homem do Braço de Ouro, os créditos correndo para cima e para baixo em linhas que se tornam uma tomada de um arranha céus no filme Intriga Internacional de Alfred Hitchcock, ou da comédia It's a Mad, Mad, Mad, Mad World de Stanley Kramer.

Foi um profícuo diretor de curta-metragem, sendo premiado com o Oscar de melhor documentário de curta-metragem de 1968 por Why Man Creates.

Saul Bass também é conhecido por projetar a identidade visual da AT&T, United Airlines, Minolta, Bell e Warner Communications.

Em 8 de maio de 2013, o site Google homenageou Saul Bass com Google Doodle.[1]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]