Criptas de Lieberkühn

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Esquematização de uma cripta, com células caliciformes (brancas arrendondadas), células de Paneth no fundo e células enteroendócrinas espalhadas.
Vilosidades e criptas tingidas com H-E.

Criptas de Lieberkühn ou criptas intestinais são glândulas tubulares simples encontradas entre as vilosidades da parede do intestino delgado. Secretam diversas enzimas, como sucrase e maltase, e possuem células especializadas na produção de hormônios e enzimas de defesa.[1]

Possuem epitélio simples colunar e fazem parte da camada mucosa do intestino.

Células[editar | editar código-fonte]

Possuem três tipos de células principais[2] :

Patologias[editar | editar código-fonte]

As criptas podem ser lesionadas em:

Referências