Vila de Cucujães

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Cucujães)
Ir para: navegação, pesquisa
 Portugal Vila de Cucujães  
—  Freguesia  —
Bandeira de Vila de Cucujães
Bandeira
Brasão de armas de Vila de Cucujães
Brasão de armas
Vila de Cucujães está localizado em: Portugal Continental
Vila de Cucujães
Localização de Vila de Cucujães em Portugal
Coordenadas 40° 52' 18" N 8° 29' 36" O
País  Portugal
Distrito Aveiro
Concelho OAZ.png Oliveira de Azeméis
Fundação 1927
Administração
 - Tipo Junta de freguesia
 - Presidente Simão da Costa Godinho (PS)
Área
 - Total 10,42 km²
População (2011)
 - Total 10 710
    • Densidade 1 027,8/km2 
Gentílico: cucujanense
Código postal 3720-XXX
Orago São Martinho
Sítio http://www.cucujaes.net

Vila de Cucujães é uma freguesia urbana portuguesa do concelho de Oliveira de Azeméis, com 10,42 km² de área e 10 705 habitantes (2011).[1] A sua densidade populacional é de 1 027,4 hab/km².

História[editar | editar código-fonte]

Constituiu o couto de Cucujães entre 1139 e o início do século XIX. Tinha, em 1801, 2 049 habitantes. Cucujães é um importante centro cultural e histórico. O seu nome provém do latim "cucullianis", ou seja, elevação de terreno, montão. Nesta terra, D. Egas Odoriz - guerreiro da reconquista - fundou, nos finais do Século XI, um Mosteiro Beneditino. Cucujães foi coutado por D. Afonso Henriques em 7 de Julho de 1139, na véspera da batalha de Ourique.

A história de Cucujães é uma autêntica relíquia para os investigadores do passado.

Região fértil e de condições bastante privilegiadas, esta freguesia desde cedo atraiu povos das mais remotas culturas. Mós, uma ponta de lança de pedra polida, machados de pedra e de bronze e uma ponta de flecha de cobre, são alguns dos vestígios aqui encontrados de épocas pré e proto-históricas que provam esta teoria. Supõe-se que entre os habitantes primitivos estariam também os Turdulos ou Turdetanos que habitaram a região onde se poderá incluir Cucujães. Mais tarde vieram os romanos e com eles o topónimo actual, que provém do canto do cuco (em latim “Cuculus”). Depois, os suevos, os visigodos e os árabes.

Em 7 de Julho de 1139 o couto de Cucujães, instituído por D.Ricardo Ferreira, foi doado ao Mosteiro Beneditino, nas vésperas da famosa Batalha de Campo de Ourique, nas pessoas de D. Martinho e de D. Egas Odoriz.

O couto de Cucujães foi elevado a Vila em 11 de Junho de 1927. Este feito resultou de um movimento intelectual nascido em Cucujães, logo a seguir ao golpe militar de 28 de Maio de 1926. Foi a Junta de Paróquia quem solicitou ao governo da ditadura militar a elevação do couto de Cucujães a Vila. Passou a denominar-se, então, Vila de Cucujães.

Por esquecimento da Junta de Paróquia, a palavra “Couto” desapareceu oficialmente do nome desta freguesia aquando a elevação a Vila. No entanto, actualmente, esta terra ainda é reconhecida por “Couto”. Afinal, Cucujães foi Couto durante mais de seiscentos anos.

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia de Vila de Cucujães (1864 – 2011) [2]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
3.377 3.339 3.938 3.842 4.344 4.185 4.803 5.626 6.408 7.074 10.473 11.343 11.130 11.094 10.705

Pelo decreto nº 13.758, de 01/06/1927, o lugar de Cucujães foi elevado à categoria de vila, passando a denominar-se Vila de Cucujães

Símbolos de Cucujães[editar | editar código-fonte]

Quando se fala em história, torna-se importante falar dos símbolos que identificam Cucujães e sua simbologia.

  • Brasão: Escudo de negro, leão de prata segurando nas mãos um báculo de ouro; em chefe um escudete de Portugal antigo. Coroa mural de prata de quatro torres. Listel vermelho com a legenda a negro em maiúsculas: “VILA DE CUCUJÃES“.
  • Bandeira: De branco, cordões e borlas de prata e negro. Haste e Lança de ouro.
  • Selo Branco: Circular, com peças do escudo envolvidas por dois círculos concêntricos onde corre a legenda “Junta de Freguesia da Vila de Cucujães”.

Património[editar | editar código-fonte]

  • Ponte da Pica
  • Museu Regional de Cucujães
  • Mosteiro de São Martinho de Cucujães
  • Capelas velha e nova de Nossa Senhora da Conceição, de São Sebastião, dos Corações de Jesus e Maria, de Santo António e de Santa Luzia
  • Via-sacra
  • Nicho do Senhor do Bonfim
  • Cruzeiro
  • Casa do Buraco, da Quinta do Buraco e dos viscondes de Carregoso com capela e fundição
  • Vestígios do antigo mosteiro
  • Casa setecentista perto da Ponte da Pica
  • Museu arqueológico e etnológico de Cucujães
  • Bustos de António J. Ferreira da Silva e da condessa de Penha Longa
  • Estátua de António da Costa Sol
  • Cemitério de Cucujães
  • Quatro mamoas
  • Casas do Andersen, do abade Arede, do Mato, dos Azulejos, de Manuel Alves Soares e dos Barbedos
  • Quintas do Sol, do Picoto, do Barreiro e do Seminário
  • Palacetes Alves dos Reis e Pinto Leite
  • Alto de Rebordões
  • Vivenda do Dr. Francisco Valente

Colectividades[editar | editar código-fonte]

Cultura

Desporto

Acção social

  • Santa Casa da Misericórdia- Infantário
  • Cruz Vermelha Portuguesa – Núcleo de Cucujães
  • Apdasc
  • Asilo da Gandarinha
  • Frente Armada

Fundações

  • Fundação Condessa da Penha
  • Fundação Manuel Brandão

Escutismo

  • Corpo Nacional de Escutas Agrupamento 24
  • Associação Escoteiros de Portugal Grupo 18

Actividades lúdico-recreativas

  • Centro Recreativo de Cucujães
  • Grupo Amizade de Cucujães
  • Associação de Recreio e Instrução de Cucujães

Religião

  • Grupo Juvenil Gaudete
  • Coro Infanto-Juvenil de Nª Sr.ª da Conceição
  • Juventude Mariana Vicentina
  • JUAC - Jovens Unidos na Amizade Cristã
  • JIC - Jovens da Imaculada Conceição

Personalidades[editar | editar código-fonte]

Política[editar | editar código-fonte]

Eleições autárquicas (Junta de Freguesia)[editar | editar código-fonte]

Partido 1976 1979 1982 1985 1989 1993 1997 2001 2005 2009 2013
% M % M % M % M % M % M % M % M % M % M % M
PS 31,8 4 36,4 7 37,4 7 57,4 8 54,3 8 52,1 7 30,6 4 33,2 5 33,6 5 42,1 6 42,7 7
PPD/PSD 26,7 3 51,5 10 32,8 7 28,4 4 38,2 5 36,0 5 50,2 7 59,3 8 57,0 8 44,6 7 40,1 6
IND 18,9 2
8,4 1
CDS-PP 10,8 1 17,1 3 9,0 1 4,2 - 7,4 1 13,8 2 6,1 - 4,8 -
APU/CDU 10,3 2 9,9 2 3,2 - 1,1 - 2,1 - 2,3 - 3,3 - 4,3 - 1,7 - 3,1 -

Referências

  1. INE - CENSOS 2011
  2. [Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes ]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.