Datasheet

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde junho de 2018). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Um datasheet de um controlador de disquete.

Um datasheet, folha de dados ou folha de especificações é um documento que resume o desempenho e outras características técnicas de um produto, máquina, componente (por exemplo, um componente eletrônico), material, subsistema (por exemplo, fonte de alimentação) ou software em detalhe suficiente para que possa ser usado por um engenheiro de projeto para integrar o componente em um sistema.[1] Normalmente, uma folha de dados é criada pelo fabricante do componente/subsistema/software e começa com uma página introdutória descrevendo o restante do documento, seguida por listagens de características específicas, com informações adicionais sobre a conectividade dos dispositivos. Nos casos em que há código-fonte relevante a ser incluído, geralmente é anexado próximo ao final do documento ou separado em outro arquivo.

Dependendo da finalidade específica, uma folha de dados pode oferecer um valor médio, um valor típico, uma faixa típica, tolerâncias de engenharia ou um valor nominal. O tipo e a fonte de dados são geralmente indicados na folha de dados.

Uma folha de dados é geralmente usada para comunicação técnica para descrever as características técnicas de um item ou produto. Pode ser publicado pelo fabricante para ajudar as pessoas a escolher produtos ou ajudar a usar os produtos. Por outro lado, uma especificação técnica é um conjunto explícito de requisitos a serem atendidos por um material, produto ou serviço.

Uma folha de dados eletrônica especifica características em uma estrutura formal que permite que as informações sejam processadas por uma máquina. Essas descrições legíveis por máquina podem facilitar a recuperação de informações, exibição, projeto, teste, interface, verificação e descoberta do sistema. Exemplos incluem datasheet de transdutor eletrônico para descrever as características do sensor e descrições de dispositivos eletrônicos em CANopen ou descrições em linguagens de marcação, como SensorML.

Informações típicas de um datasheet de um eletrônico[editar | editar código-fonte]

Os exemplos incluem:

Componente eletrônico[editar | editar código-fonte]

Uma folha de dados típica para um componente eletrônico contém a maioria das informações a seguir:

  • Nome do fabricante
  • Produto número e nome
  • Lista de formatos de pacote disponíveis (com imagens) e códigos de pedido
  • Propriedades Notáveis do dispositivo
  • Breve descrição funcional
  •  Diagrama de conexão das pinagens
  • Classificações mínimas e máximas absolutas (tensão de alimentação, consumo de energia, correntes de entrada, temperaturas de armazenamento, operação, soldagem, etc.)
  • Condições de operação recomendadas (como classificação mínima e máxima absoluta)
  • Especificações em CC (várias temperaturas, tensões de alimentação, correntes de entrada, etc.)
  • Consumo máximo de energia em toda a faixa de temperatura operacional
  • Especificações em AC (várias temperaturas, tensões de alimentação, frequências, etc.)
  • Diagrama de forma de onda de entrada/saída
  • Diagrama de temporização
  • Algumas características são dadas somente a uma temperatura específica, tipicamente 25°C (77 ° F)
  • Detalhes físicos mostrando dimensões mínimas/típicas/máximas, locais de contato e tamanhos
  • Circuito de teste
  • Códigos de pedidos para diferentes pacotes e critérios de desempenho
  • Isenção de responsabilidade quanto ao uso de dispositivos em determinados ambientes, como usinas nucleares e sistemas de suporte á vida
  • Recomendações de aplicação, como os capacitores de filtro, layout da placa de circuito etc.
  • Errata, frequentemente publicada antes da correção subsequente e revisão relevante da folha de dados

Computador pessoal[editar | editar código-fonte]

Embora uma folha de dados possa incluir um diagrama de circuito de "uso típico", bem como exemplos de programação no caso de dispositivos programáveis, esse tipo de informação é frequentemente publicado em uma nota de aplicação separada, com um alto nível de detalhes.

Historicamente, as folhas de dados estavam normalmente disponíveis em um banco de dados (databook) que contem muitas folhas de dados, geralmente agrupadas por fabricante ou tipo geral. Hoje, eles também estão disponíveis através da Internet em forma de tabela ou através de documentos para download (geralmente PDF).

Notas de aplicação[editar | editar código-fonte]

Uma nota de aplicação é um documento que fornece detalhes mais específicos sobre o uso de um componente em um aplicativo específico ou relacionado a um processo específico (por exemplo, a montagem física de um produto que contém o componente). As notas de aplicação são especialmente úteis para dar orientação sobre usos mais incomuns de um componente em particular, o que seria irrelevante para muitos leitores da folha de dados mais amplamente lida.

Notas de aplicação podem ser acrescentados em um datasheet, ou apresentadas como um documento separado.

Fichas de dados químicos[editar | editar código-fonte]

Folhas de Dados de Segurança Material[editar | editar código-fonte]

Uma Ficha de Dados de Segurança (MSDS), Folha de Dados de Segurança (FDS), ou Produto de Folha de Dados de Segurança (PSDS) é um componente importante da administração do produto e da segurança e saúde ocupacional. Estes são exigidos por agências como a OSHA em um Padrão de Comunicação de Risco, 29 C.F.R. 1910.1200. Proporciona aos trabalhadores formas de permitir que trabalhem de maneira segura e fornece dados físicos (ponto de fusão, ponto de ebulição, ponto de fulgor, etc.), toxicidade, efeitos à saúde, primeiros socorros, reatividade, armazenamento, descarte, equipamentos de proteção. e procedimentos de manuseio de derramamentos. As MSDSs diferem de país para país, pois países diferentes têm regulamentações diferentes. Em algumas jurisdições, é obrigatório para a SDS declarar os riscos, a segurança e os efeitos do produto químico no meio ambiente.

Os SDSs são uma classificação comumente usada para registrar informações sobre produtos químicos, compostos químicos e misturas químicas. Os SDSs geralmente incluem o uso seguro do produto químico e a natureza perigosa do produto químico. Sempre que forem utilizados produtos químicos, estas fichas de dados serão encontradas.

É necessário ter um símbolo reconhecido internacionalmente ao descrever substâncias perigosas. As etiquetas podem incluir símbolos de perigo, como a cruz diagonal preta padrão da União Européia em um fundo laranja, usada para denotar uma substância prejudicial.

O propósito de uma SDS não é para que o público em geral tenha um conhecimento de como lê-lo e compreendê-lo, mas sim para que possa ser usado em um ambiente ocupacional para permitir que os trabalhadores possam trabalhar com ele.

Dados químicos[editar | editar código-fonte]

Folhas de dados e páginas estão disponíveis para propriedades específicas de produtos químicos em referências de dados de elementos químicos: exemplo, pontos de fusão dos elementos (página de dados). Os materiais específicos têm dados técnicos em folhas individuais, como Etanol (página de dados): incluem assuntos como estrutura e propriedades, propriedades termodinâmicas, dados espectrais, pressão de vapor, etc. Outras fichas de dados químicos estão disponíveis de produtores individuais de produtos químicos, frequentemente em suas páginas da web.

Datasheet para automóveis[editar | editar código-fonte]

As folhas de dados para automóveis podem ser descritas sob vários nomes, como recursos, especificações, dados de engenharia, resumo técnico, etc. Elas ajudam a comunicar as informações técnicas sobre um carro a compradores em potencial e são úteis para comparações com carros semelhantes. Eles podem incluir: dimensões internas e externas críticas, peso, eficiência de combustível, motor e trem de acionamento, capacidade de reboque, recursos de segurança e opções, garantia, entre outros.

Ver também[editar | editar código-fonte]

  • Computador pessoal
  • Especificação (norma técnica)
  • Transdutor de folha de dados eletrônica
  • Open ICEcat, abra o catálogo do projeto com folhas de dados livre
  • Datasheets.com, maiores recursos gratuitos do mundo para folhas de dados de componentes eletrônicos e informações de compra

Referências