Davey Allison

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Translation to english arrow.svg
A tradução deste artigo está abaixo da qualidade média aceitável. É possível que tenha sido feita por um tradutor automático ou por alguém que não conhece bem o português ou a língua original do texto. Caso queira colaborar com a Wikipédia, tente encontrar a página original e melhore este verbete conforme o guia de tradução.
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde julho de 2019).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde julho de 2019). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Davey Allison

David Carl Allison, mais conhecido como Davey Allison (25 de fevereiro de 1961, Hollywood, Florida, Estados Unidos - 13 de julho de 1993), foi um piloto de automovilismo estadunidense que competiu nos stock cars. Disputou 191 corridas da NASCAR Cup Series, onde obteve dezenove vitorias e 66 top 5. Ficou tercero no campeonato em 1991 e 1992.

Entre suas vitórias destacam-se as 500 Milhas de Daytona de 1992, as 500 Milhas de Alabama de Talladega de 1987, 1989 e 1992, as 600 Milhas de Charlotte de 1991. También venceu na Winston 1991 e 1992.

Allison ficou conhecido por pilotar durante a maior parte da sua carreira na NASCAR Cup o Ford número 28 patrocinado pela empresa petrolífera Texaco e sua marca de oleo Havoline. O piloto fez parte da equipe Ranier-Lundy nas temporadas 1987 e 1988, e da Robert Yates Racing entre 1989 ate 1993.

Por outra parte, obteve 31 top 10 em 86 corridas pela NASCAR Busch Series, mas nenhuma vitoria. Enquanto, participou da International Race of Champions em 1992 e 1993, obtendo duas vitórias e um campeonato em 1993 (postumamente).

É filho de Bobby Allison, campeão da NASCAR Cup Series e vencedor das 500 Milhas de Daytona, enquanto seu tio, Donnie, foi vencedor das 600 Milhas de Charlotte e as 400 Milhas de Daytona. Seu irmão Clifford foi piloto na NASCAR Busch Series; falleceu num treino de uma corrida da Busch Series, em agosto de 1992.

Carreira desportiva[editar | editar código-fonte]

Apos de graduarse do liceu, començou a trabalhar na equipe do seui pai, e fora de horario trabajava em seu automovel de corrida, um Chevy Nova. Estreio no stock cars no ovalo de Birminginham International Raceway, conseguindo sua primeira vitoria em sua sexta corrida. Allison tornou-se um ganhador frecuente nesse ovalo.

Em 1983 Allison ganhou duas corridas de Talladega pela serie ARCA. Participou da mesma serie em 1984 e 1985, ficando tercero em ambas temporadas, obtendo mais cinco vitorias. Tambem estreio na NASCAR Busch Series pela equipe de seu pai num calendario parcial entre 1983 e 1985, onde conseguiu tres top 5.

NASCAR Cup Series[editar | editar código-fonte]

Allison fez sua primeira corrida na NASCAR Cup Series para Hoss Ellington nas 500 Milhas de Talladega de 1985, conseguindo uma decima posicão. Participou mais de dois corridas para a mesma equipe na aquele ano. No ano seguinte, correu cinco corridas e seu melhor resultado foi um septimo lugar.

Em 1987 disputou a NASCAR Cup Series com um Ford da equipe Ranier-Lundy. Conseguiu vitorias nas 500 Milhas Winston e Dover. Alem disso obteve mais sete top 5 em 22 corridas, ficando 21º no campeonato do pilotos. No ano seguinte, ganhou duas corridas e conseguiu 12 chegadas entre os cinco primeiros, concluindo oitavo no campeonato.

Ranier vendeu toda sua equipe a Robert Yates para a temporada 1989. Allison obteve vitorias nas 500 Milhas Winston e nas 400 Milhas de Daytona, alem de sete top 5 no total. Mas, Allison sofreu de seis retiros por problemas de motor, ficando décimo primeiro no campeonato. No ano seguinte, obteve duas vitorias, mas somente mais tres top 5, concluindo 13º no ano.

Em 1991 Allison tornou-se um dos concorrentes pelo titulo da NASCAR Cup Series. Conseguiu cinco vitorias: 600 Milhas de Charlotte, Sonoma, Michigan, Rockingham 2 e Phoenix, brigando o titulo contra Dale Earnhardt e Ricky Rudd. Finalmente, Allison ficaria na tercera posicão do campeonato com um total de 12 top 5 e 16 top 10.

Em 1992, començou ganhando as 500 Milhas de Daytona, North Wilkesboro e as 500 Milhas Winston, chegando a ser lider do campeonato por varias provas. Na corrida de exhibicão Winston, obteve a vitoria, mas sofreu um forte accidente ao passar a linha de chegada, deixando-lo com um contusão e um pulmão magoado. Porém, isso não lhe impediu seguir correndo, ganhando em Michigan.

Allison sofreu outro duro accidente em Pocono, onde lesionou-se o braço direito, o punho direito e a clavicula. Para não perder muitas posiciões no campeonato, Allison començou as duas seguintes corridas, mas precisou de pilotos suplentes para subsituir-lo na corrida, ja que as regras dizem que o piloto que comença a corrida, obtém os puntos da mesma. Sua primeira corrida completa depois de sofrir as lesões foi na segunda corrida de Michigan, onde finalicou quinto. Mas, seu irmão Clifford sofreu um accidente no mesmo fim de semana numa corrida de NASCAR Busch Series que terminaria perdendo a vida. Davey chegaria a corrida final da temporada em Atlanta tendo a lideranca do campeoanto, ão ganhar em Phoenix e obter 15 top 5. No entanto, sofreu um accidente com Ernie Irvan, ficando fora da corrida e terceiro no campeonato, atras de Bill Elliott e Alan Kulwicki.

No ano seguinte, Allison obteve uma vitoria em Richmond e seis top 5, se-ficando quinto no campeonato apos de 16 corrida. O 12 de julho, dirigiu-se ão ovalo de Talladega de helicoptero, com motivo de presenciar um treino do filho de seu amigo Neil Bonnett, David Bonnett. Acompanhado de outro passageiro, Red Farmer, Allison tentou aterrar, mas acabou batendo, morrendo o dia seguente no hospital de Birmingham, enquanto Farmer sobreviveu.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Davey Allison