Demografia da Antártida

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Antárctica não tem habitantes indígenas, mas há equipas de pesquisa permanentes e sazonais e antigas instalações de caça à baleia. A maior estação, McMurdo Station, tem uma população (no verão) de cerca de 1200 residentes. Aproximadamente 29 nações, todas signatárias do Tratado da Antártida, enviam pessoal para efectuar pesquisas sazonais (verão) e durante o ano inteiro no continente e nas suas águas próximas. A população de indivíduos que executam e apoiam pesquisas científicas no continente e suas ilhas circundantes a 60 graus sul de latitude (a região abrangida pelo Tratado da Antárctica) varia entre aproximadamente 4000 no Verão e 1000 no Inverno, havendo ainda cerca de 1000 pessoas, incluindo tripulações de navios e cientistas trabalhando a bordo, presentes nas águas da região cobertas pelo tratado.

Nascimentos[editar | editar código-fonte]

Pelo menos, dez crianças nasceram no Oeste da Antárctica. A primeira foi Emilio Palma, nascido a 7 de Janeiro de 1978 de pais Argentinos na Base Esperanza em Hope Bay, perto da ponta da península Antárctica. Em 1984, Juan Pablo Camacho nasceu na Base Presidente Eduardo Frei Montalva, tornando-se a primeira criança Chilena a nascer na Antárctica. Pouco depois, uma criança chamada Gisella nasceu na mesma estação. Em 2001, a National Geographic, noticiou que, só em Esperanza, oito crianças haviam nascido. Em 2009, mais onze crianças nasceram na Antarctica (ao sul do paralelo 60): oito em Base Esperanza[1] e mais três em Base Presidente Eduardo Frei Montalva.[2]

População por país[editar | editar código-fonte]

Nação Verão
(Janeiro)
população
total 3,687
(1998-9)
Inverno
(Julho)
população
total 964

(1998-9)

Todo o ano
Estações
total 42
(1998-9)
Só no Verão
Estações
total 32
(1998-9)
Argentina 302 165 6 7
Austrália 201 75 4 4
Bélgica 13 - - -
Brasil 80 12 1 -
Bulgária 16 - - 1
Chile 352 129 4 7
China 70 33 2 -
Finlândia 11 - 1 -
França 100 33 1 -
Alemanha 51 9 1 1
Índia 60 25 1 1
Itália 106 - 1 -
Japão 136 40 1 3
Coreia do Sul 14 14 1 -
Holanda 10 - - -
Nova Zelândia 60 10 1 1
Noruega 40 - 1 -
Peru 28 - - 1
Polónia 70 20 1 -
Roménia 20 11 - -
Rússia 254 102 6 3
África do Sul 80 10 1 -
Espanha 43 - 1 -
Suécia 20 - - 2
Ucrânia     1 -
Reino Unido 192 39 2 5
Estados Unidos 1,378 248 3 -
Uruguai     1 -

Ainda, durante o Verão Austral algumas nações ocupam numerosos locais, tais como acampamentos, instalações temporárias de Verão e travessias móveis de apoio a pesquisas. (estimativas de Julho do ano 2000).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Registro Civil Base Esperanza» (em Spanish). Argentine Army. Cópia arquivada em 17 de janeiro de 2010 
  2. Corporación de Defensa de la Soberanía. «Derechos soberanos antárticos de Chile» (em Spanish). Consultado em 16 de novembro de 2011