Deste Mundo e do Outro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Deste mundo e do outro
Capa Deste mundo e do outro..jpg

Deste mundo e do outro, Editorial Arcádia, 1971
Autor(es) José Saramago
Idioma português
País Portugal Portugal
Gênero Crônicas
Editora Editorial Arcádia
Lançamento 1971
Páginas 224
Cronologia
Provavelmente Alegria
A bagagem do viajante

Deste Mundo e do Outro é uma obra de José Saramago, lançado em 1971 pela Editorial Arcádia, composto por 61 crónicas escritas entre 1968 e 1969 publicadas na A Capital.

Como nas crônicas A Bagagem do Viajante, encontramos textos com temáticas que refletem a situação Portugal sobretudo no que tange à administração de Marcelo Caetano.

Foi considerado pelo crítico João Palma Ferreira "um dos mais belos livros de crónicas até agora [1971] publicados em Portugal". Extenso poema em prosa, lembra-nos algumas das melhores páginas do Diário de Miguel Torga"[1].

Crónicas e Contos[editar | editar código-fonte]

  • A cidade
  • Um Natal há cem anos
  • A aparição
  • O sapateiro prodigioso
  • Carta para Josefa, minha avó
  • O meu avô, também
  • O amola-tesouras
  • Ninguém se banha duas vezes no mesmo rio
  • As "bondosas"
  • Cai no céu
  • Nasce na serra de Albarracin, em Espanha
  • Viagem na minha terra
  • As palavras
  • São asas
  • A ponte
  • O cego do harmónio
  • Os olhos de pedra
  • O inevitável poente
  • Às vezes, a manhã ajuda
  • Travessa de André Valente
  • Três horas da madrugada
  • Cismando no sismo
  • O fato virado
  • Jardim no Inverno
  • Hip, hip, hippies!
  • "C'est la rose..."
  • Discurso contra o lirismo
  • A menina e o baloiço
  • Alice e as maravilhas
  • A ilha deserta
  • A vida suspensa
  • Vendem os deuses o que dão
  • Um encontro na praia
  • A vida é uma longa violência
  • O grupo
  • A palavra resistente
  • Receita para matar um homem
  • Os animais doidos de cólera
  • A nova Verônica
  • O Direito e os sinos
  • Esta palavra esperança
  • Almeida Garrett e Frei Joaquim de Santa Rosa
  • Nós, portugueses
  • Manuscrito encontrado numa garrafa
  • Carta de Ben Jonson aos estudantes de Direito que representaram "Volpone"
  • "A nua verdade"
  • Graça e desgraça de mestre Gil
  • Os navegadores solitários
  • "Salta, cobarde"
  • O cálculo
  • O planeta dos horrores
  • Um azul para Marte
  • Coração e Lua
  • A neve preta
  • A Lua que eu conheci
  • Um salto no tempo
  • Cada vez mais sós
  • Noite de Verão
  • As férias
  • O sorriso
  • O Verão

Referências

  1. Revista COLÓQUIO/Letras n.º 6. Março de 1972, pág. 84.
Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço relacionado ao Projeto Literatura. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.