Destino (animação)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Destino
Destino (PT/BR)
 Estados Unidos
2003 •  cor •  6 min 
Direção Dominique Monféry
Produção Baker Bloodworth
Roy E. Disney
Gênero Animação, Curta-metragem
Página no IMDb (em inglês)

Destino é um curta-metragem animado lançado em 2003 pelos Estúdios da Walt Disney. Destino foi primeiramente idealizado em 1945, 58 anos antes da sua estréia. O projeto era, a priori, uma colaboração do animador americano Walt Disney com o pintor surrealista espanhol Salvador Dalí, com música escrita pelo compositor mexicano Armando Dominguez e interpretada pela cantora Dora Luz.

História[editar | editar código-fonte]

Origem do projeto[editar | editar código-fonte]

Animação baseada em uma canção do compositor mexicano Armando Dominguez com o mesmo título e fortemente inspirada no mundo surreal do pintor espanhol Salvador Dalí. Este curta-metragem foi planejado para ser integrado ao filme "Música, Maestro!". Um cenário de animação e alguns testes foram realizados a partir de Janeiro de 1946,[1] mas o projeto acabou sendo abandonado.

Realização antecipada[editar | editar código-fonte]

Após o lançamento do Fantasia 2000, Roy E. Disney decidiu retomar a produção deste filme. Ele teve sua produção, principalmente no Walt Disney Animation Studios na França em Montreuil, perto de Paris. Finalmente, concluído na forma de um curta-metragem de 6 minutos, foi exibido em festivais e prêmios e no Festival Internacional de Cinema de Animação de Annecy, em 2003. O filme foi exibido na exposição Era uma vez Walt Disney, que foi realizada no Nationales Galeries du Grand Palais em Paris, de 16 de setembro de 2006 a 15 de Janeiro de 2007.

Descrição[editar | editar código-fonte]

O curta de seis minutos conta a história do malfadado amor de Chronos por uma mortal chamada Dahlia.[2] Sem diálogos, a trama decorre enquanto Dahlia dança por um cenário surreal inspirado pelas pinturas de Dalí ao som da trilha sonora do compositor mexicano Armando Dominguez.

Referências

  1. (em inglês) Robin Allan, Walt Disney and Europe, p. 187.
  2. «Dalí, Disney short debuts after 57 years». Consultado em 3 de agosto de 2016. 

Links Externos[editar | editar código-fonte]