Dingjun Shan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Dingjun Shan
Uma cena com Tan Xinpei.
 China
1905 •  p&b •  
Realização Ren Qingtai
Baseado em Romance dos Três Reinos de Luo Guanzhong
Elenco Tan Xinpei
Género drama romântico
Companhia(s) produtora(s) Estúdio Fotográfico Fengtai de Pequim
Idioma mandarim
Página no IMDb (em inglês)

Dingjun Shan (chinês tradicional: 定軍山, chinês simplificado: 定军山, pinyin: Dìngjūn Shān) é uma curta-metragem chinesa do género drama romântico, realizada por Ren Qingtai, produzida pelo Estúdio Fotográfico Fengtai de Pequim e protagonizada por Tan Xinpei.[1] Foi baseada num episódio do romance histórico Romance dos Três Reinos de Luo Guanzhong. Por vezes é traduzida como A Conquista da Montanha de Jun.

A curta consiste na gravação de uma apresentação na Ópera de Pequim sobre a Batalha do Monte Dingjun, sendo o primeiro filme produzido na China.[2] A única cópia do filme foi destruída durante um incêndio no final da década de 1940.

Referências

  1. Hu, Jubin (2003). Projecting a nation: Chinese national cinema before 1949 (em inglês). Honguecongue: Hong Kong University Press. p. 39 
  2. Yingjin Zhang e Zhiwei Xiao (1998). «The Fifth Generation». Encyclopedia of Chinese Film (em inglês). Londres: Taylor & Francis. p. 128. ISBN 0-415-15168-6 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um curta-metragem é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.