Discussão:Lista de municípios do Brasil por PIB

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Erros no Valor do PIB[editar código-fonte]

Na lista aparece a cidade de Itajai (SC) duas vezes. E a cidade de Jaraguá do Sul (SC) não consta. Deve ter havido um engano, pois é uma das maiores economias de SC e portanto figuraria na lista (entre as 150 primeiras, no mínimo).

Todos esses dados são de 2007? Em 2007 o PIB de Salvador era de 26.727.132 e não 37.791.140 como está na lista Luan Silva rezende (discussão) 05h06min de 23 de março de 2010 (UTC)

Na verdade, a segunda vez que aparece Itajaí é Jaraguá do Sul,em 92º lugar.Kevinmu (discussão) 19h09min de 30 de outubro de 2011 (UTC)

O 39º município é Itajaí, e o 92º é Jaraguá do Sul.Kevinmu (discussão) 19h15min de 30 de outubro de 2011 (UTC)

  • Luan, a fonte é o IBGE, nós precisaríamos saber de onde é sua informação para poder comparar, no mais, eu irei pessoalmente verificar no site do IBGE a informação. Forte abraço amigo e uma boa semana Gustavo Siqueira MSG 06h33min de 23 de março de 2010 (UTC)
tá certo, é 26.727.132 mesmo, vou corrigir. Gustavo Siqueira MSG 06h38min de 23 de março de 2010 (UTC)
  • Ridículo a última lista por estado usando os dados de 2005; por exemplo, em 2005 o PIB de Teresina era superior ao de João Pessoa e em 2007 a situação se inverteu, o que altera as ultimas posições do ultimo quadro; porem isso deve ter acontecido com outros municipios de outros estados tambem..!!Se estão disponiveis dados mais recentes de 2007, por que usar os de 2005 para formular a ultima lista..??

O que Duque de Caxias está fazendo com o PIB errado? o comentário precedente deveria ter sido assinado por Laissa24 (discussão • contrib.)

Não está errado. Duque de Caxias tinha 18mi de PIB em 2005, e a primeira lista mostra o PIB de 2007. Silent (Contact) 23h58min de 20 de novembro de 2010 (UTC)

  • a ultima lista ta com dados defasados..duque de caxias decresceu em população como a baixada fluminense em media..parece que os habitantes da baixada migram pra zona norte..

se bem que pelo pib ainda pode ser considerada a capital da baixada..

Lista de 2009[editar código-fonte]

Demorei 3 dias para trabalhar a lista de 2009, que consta agora com um total de 689 municípios com mais de 500 milhões de reais de PIB. Vocês acham esse número exagerado? 201.47.218.136 06h48min de 18 de dezembro de 2011 (UTC)

Creio que era melhor colocar apenas os que possuem PIB maiores que 1 bilhão de reais, mas parabéns pelo trabalho. Rmv1 (discussão) 14h02min de 18 de dezembro de 2011 (UTC)

Campos é a Décima Terceira[editar código-fonte]

Esqueceram de por Campos dos Goytacazes, a cidade é a maior do norte do estado RJ e recebe 120 milhões de reais por mês e mais de 1 bilhão por ano pela forte extração de petroleo, lá se encontram 81% do petroleo de todo o Brasil. Ela ocupa atualmente na posição décima terceira das cidades mais ricas.comentário não assinado de Demetri Rodrigues (discussão • contrib) 12h54min de 15 de abril de 2012 (UTC)

Esta lista se baseia em dados do IBGE, que são disponibilizados/atualizados anualmente. Este dado do qual dispõe é do IBGE? Se for, desfaça minha edição e acrescente a fonte. Desde já agradeço! Halleltalk 18h17min de 15 de abril de 2012 (UTC)

Estatísticas em 2012[editar código-fonte]

Questiono-me se os dados da seção Anexo:Lista de municípios do Brasil por PIB#Estatísticas em 2012 sejam válidos. Ainda nem terminamos o exercício de 2012, e já há dados do PIB? Costuma-se publicar esses dados somente dois anos depois de concretizados, quando já estão revisados. Com todo o respeito aos acadêmicos/catedráticos que desenvolveram a pesquisa, e ao editor que a publicou aqui, mas isto é uma mera especulação. Halleltalk 21h13min de 29 de junho de 2012 (UTC)

Concordo. Acho melhor usar apenas os dados do IBGE no artigo. Rmv1 (discussão) 21h55min de 29 de junho de 2012 (UTC)
É só verificarem o link fornecido. Os dados do IBGE são muito antigos. Os dados que coloquei são mais recentes e fornecem o contexto nosso na América Latin inclusive.Brasileiro1500 (discussão) 02h22min de 30 de junho de 2012 (UTC)
De 2012? Reconsidere ler aquilo, pois os dados são duvidosos. Se são de 2012 não passam estimativas, pois exercício contábil ainda não findou. Desta forma a fonte pode se encaixar como pesquisa inédita. Espero que justifique de maneira mais concisa a reversão que fez em Economia do Brasil, pois a fonte é controversa. Halleltalk 03h04min de 30 de junho de 2012 (UTC)
Só pra esclarecimento: os dados do IBGE são de 2009, porque sequer ele publicou os de 2010. O PIB de 2010 para os municípios brasileiros só será divulgado neste ano. Halleltalk 03h06min de 30 de junho de 2012 (UTC)
O link em pdf para o estudo que coloquei está aqui: http://www.urosario.edu.co/urosario_files/e4/e4b39936-b5f0-42c7-bf2e-f30c34018ef2.pdf. As informações são de 2012. Acho que complementam o tópico de uma forma atualizada e interessante.Brasileiro1500 (discussão) 04h17min de 30 de junho de 2012 (UTC)
Uma coisa a se observar nesse novo estudo é que a cidade de Fortaleza nem sequer aparece e isso é estranho. Rmv1 (discussão) 08h13min de 30 de junho de 2012 (UTC)
De novo te faço a pergunta: de 2012? Que PIB é esse? Me desculpe, mas você está testando nossa capacidade de interpretar esses dados. Use argumentos plausíveis, ou arranje outras fontes. Halleltalk 15h36min de 30 de junho de 2012 (UTC)
Página 8 do estudo. É só você checar: http://www.urosario.edu.co/urosario_files/e4/e4b39936-b5f0-42c7-bf2e-f30c34018ef2.pdf. Brasileiro1500 (discussão) 14h04min de 1 de julho de 2012 (UTC)
Acho que o estudo deve ser desconsiderado no artigo, pois além de ser sobre atração de investimentos, ainda não traz todos os PIBs das cidades brasileiras. Fortaleza, Guarulhos, Osasco, Campinas, que tem o PIB maior que o de Recife, foram esquecidas. Rmv1 (discussão) 14h17min de 1 de julho de 2012 (UTC)
Você está de brincadeira, Brasileiro1500? Eu já li este estudo de cima pra baixo, de baixo pra cima, pra argumentar com você, e simplesmente estás desconsiderando o que escrevo eu e o Rmv1. Repito a pergunta: você quer considerar um estudo especulativo sobre o PIB de 2012? Halleltalk 16h33min de 1 de julho de 2012 (UTC)
Faço das palavras do Hallel e Rmv1 as minhas. Esse estudo não deve ser considerado, primeiro porque são estimativas, segundo porque vários municípios brasileiros com PIB altíssimo não estão sequer citados (exemplo Manaus, Guarulhos e Fortaleza), terceiro porque esse estudo trata-se do PIB das regiões metropolitanas - enquanto o anexo dedica-se exclusivamente ao PIB dos municípios; e por último porque esse novo conteúdo descrito no anexo divulga o PIB das regiões metropolitanas da América Latina, enquanto, mais uma vez, o anexo trata-se de municípios brasileiros. Acredito que o conteúdo deve ser revisto e retirado. Fritz (discussão) 00h19min de 2 de julho de 2012 (UTC)
Não disse que o estudo incluía todas as cidades, mas as principais cidades do Brasil estão incluídas. E há informações interessantes, sim, quanto às principais cidades do Brasil, sendo que o estudo é de 2012. Não vejo porque suprimir informação. Até parece que alguns aqui não gostaram dos resultados. Como disse, inclusive o cenário latino-americano é revelado. Entendo relevantes as informações. Brasileiro1500 (discussão) 22h06min de 2 de julho de 2012 (UTC)

Estou registrando que acho arbitrário remover as informações, já que elas são valiosas sim. Não vejo porquê remover informações que são relevantes e atuais.Brasileiro1500 (discussão) 22h31min de 2 de julho de 2012 (UTC)

Você não considerou arbitrário acrescentar um conteúdo controverso no artigo, e sequer discutiu com argumentos sérios sobre a pesquisa quando foi solicitado. A sua atitude, ao ver que não havia consenso sobre o estudo, deveria ter sido de removê-lo, por respeito as opiniões contrárias, mas você esperou que alguém removesse o conteúdo, pra depois alegar que o mesmo está sendo arbitrário, e agora? Halleltalk 00h19min de 3 de julho de 2012 (UTC)
Apresentei resultados atuais, das principais cidades brasileiras, inclusive com o contexto latino-americano. Coloquei o link (http://www.urosario.edu.co/urosario_files/e4/e4b39936-b5f0-42c7-bf2e-f30c34018ef2.pdf). Os dados foram oferecidos pela IdN Inteligencia de Negocios (Chile) - CEPEC de la Universidad del Rosario (Colombia).

Por quê deletá-los? Por qual motivo não colocar outras fontes? Se o estudo não está "certo", que sejam colocadas outras fontes. O que não acho correto é remover informações que possuem referência. Os dados que havia colocado são extremamente interessantes e relevantes:

As 15 maiores cidades em renda per capita (US$) 1. Brasilia - 30.027 - Brasil 2. São Paulo - 23.372 - Brasil 3. Monterrey - 22.191 - Mexico 4. Curitiba - 17.160 - Brasil 5. Santiago - 16.737 - Chile 6. Belo Horizonte - 16.254 - Brasil 7. Maracaibo - 15.867 - Venezuela 8. Buenos Aires - 15.827 - Argentina 9.Montevideo - 14.618 - Uruguai 10. C. de Panamá - 14.597 - Panama 11 . Rio de Janeiro - 14.215 - Brasil 12. Salvador - 13.419 - Brasil 13. Porto Alegre - 13.352 - Brasil 14. C. do México - 12.461 - Mexico 15. Lima - 12.283 - Peru

As 24 maiores em PBI (MM US$) 1. São Paulo - 472.131 - Brasil 2. C. de México - 262.093 - Mexico 3. Buenos Aires - 202.476 - Argentina 4. Rio de Janeiro - 176.694 - Brasil 5. Brasilia - 110.564 - Brasil 6. Santiago - 110.081 - Chile 7. Bogotá - 92.917 - Colombia 8. Lima - 89.888 - Peru 9. Belo Horizonte - 82.062 - Brasil 10. Monterrey - 77.122 - Mexico 11. Curitiba - 61.435 - Brasil 12. Porto Alegre - 58.574 - Brasil 13. Salvador - 47.811 - Brasil 14. Caracas - 45.239 - Venezuela 15. Guadalajara - 41.505 - Mexico 16. Recife - 39.063 - Brasil 17. Fortaleza - 33.558 - Brasil 18. Medellín - 28.923 - Colombia 19. San José - 24.012 - Costa Rica 20. Maracaibo - 22.796 - Venezuela 21. Cali - 21.883 - Colombia 22. Santo Domi ngo - 21.180 - Rep. Dominicana 23. Montevideo - 19.324 - Uruguay 24. C. Panamá - 19.191 - PanamaBrasileiro1500 (discussão) 09h13min de 3 de julho de 2012 (UTC)

Desculpe colega, mas pelo jeito tu não aceitas/compreendes/ouves opiniões contrárias. Me abstenho do debate a partir de agora, pois estou dando "murro em ponta de faca". Halleltalk 13h29min de 3 de julho de 2012 (UTC)
Eu apresentei os meus argumentos. Você deveria ter apresentado os seus. Como disse, não vejo por qual motivo omitir informação atual e relevante sobre nossas grandes cidades. Não removi nenhum outro estudo, sou contra a remoção de estudos. Sou a favor de que sejam colocados todos os que conseguirmos, ainda que as informações contidas em um e outro possam ser contraditórias. O leitor faz o julgamento. Nós não. Brasileiro1500 (discussão) 22h58min de 5 de julho de 2012 (UTC)
A questão é, esse estudo é especulativo. O ano de 2012 nem chegou ao fim, ou seja, é uma previsão. Se fosse um número real, não teria problema colocar. Não cabe a ninguém fazer previsão do que vai acontecer. Se fosse um estudo que trouxesse o PIB de 2011, aí não teria problema, pois o ano já acabou. Rmv1 (discussão) 02h12min de 6 de julho de 2012 (UTC)
O estudo foi feito por renomadas instituições da América do Sul. A data do estudo é 2012, foi nesse ano que foram divulgados esses dados. Daí não há de se falar em "estimativa". A rigor, todos os estudos, ainda que com o "selo" do ano, são "estimativas" também. O que interessa é que foram fornecidos dados relevantes quanto às nossas cidades, no contexto latino-americano, e que estão sendo arbitrariamente omitidos. O leitor é quem deve interpretar os dados, cruzar as fontes, etc, não nós.Brasileiro1500 (discussão) 00h02min de 8 de julho de 2012 (UTC)

Dados de 2010[editar código-fonte]

Saíram os dados de 2010, alguém disponível a editar? Rmv1 (discussão) 17h48min de 12 de dezembro de 2012 (UTC)

Edições desfeitas de forma indevida[editar código-fonte]

Fui revertido por Claudiomir J. Gonçalves com a justificativa que utilizei dados de 2011. Não vou alterar novamente a lista, porque é difícil entender desta forma. Sei o quanto é difícil elaborar esta lista. Não é só atualizar os dados, tem que ordenar também e isso é a parte mais trabalhosa. Vamos por partes:
Içara - corrigi a posição na lista. Há uma falsa aparência que a posição está correta, porque sempre que se abre o artigo, a lista vem ordenada pela 1ª coluna. Mas se observar bem, Içara (que aparece na 456ª posição) está na posição errada, ou seja 1 040 720 entre 1 158 356 e 1 150 429. A única forma de corrigir isso é abrir o "código-fonte" e "levar" a linha 456 para a posição correta que é 487 e depois corrigir a sequência numérica na 1ª coluna.
Registro - é exatamente o mesmo caso anterior. Basta ver os valores adjacentes da linha 469. O correto é "mover" a linha para a posição 478 e proceder como no caso anterior.
Ouro Preto - também é o mesmo caso. Basta ver os valores adjacentes da linha 150. O correto é "mover" a linha para a posição 129 e proceder como nos casos anteriores.
Note-se que em todos os casos, os valores estão corretos, apenas as posições estão erradas na lista.
Este valor do PIB foi corrigido nesta edição (estava errado desde o início da revisão). Os outros dois citados acima (Içara e Registro) estão com os valores corretos (2012), mas permanecem na posição errada.
comentário não assinado de PauloMSimoes (discussão • contrib) 23h48min de 18 de dezembro de 2014 (UTC)

Problema solucionado: os nºs estavam errados. (desde o início da revisão).PauloMSimoes (discussão) 01h07min de 19 de dezembro de 2014 (UTC)

nºs não foram alterados[editar código-fonte]

A justificativa para desfazer minhas edições foi que eu utilizei os dados de 2011, mas eu nem alterei os números, só as posições. O único número que alterei foi em Nova Hamburgo, que estava com um dígito a mais.

Informo que revisei toda a lista e não encontrei nenhum erro numérico, por isso parabenizo o excelente trabalho de Claudiomir J. Gonçalves. Minha fonte (que inseri como ligação externa no artigo) é IBGE Cidades 2014. Para conferir os números 2012, são os seguintes passos:

  • Escolha um Estado no menu superior (exemplo SP)
  • Escolha um município (por exemplo Amparo)
  • Selecione "Produto Interno Bruto dos Municípios" e em seguida 2012, no menu que se abre.

A partir deste passo, não é mais necessário realizar todo o procedimento para outras cidades do mesmo Estado. Basta escolher outra cidade que já vai aparecer a página onde está o PIB 2012.

Concluindo, se consegui me fazer entender peço, por favor, que revertam para as minhas edições, que então a lista ficará correta.
PauloMSimoes (discussão) 02h19min de 17 de dezembro de 2014 (UTC)

Paulo, desculpe-me os maus entendidos. E obrigado pelo reconhecimento do trabalho, foram 3 dias grudados para fazer esta atualização. Agora ficou correto? acho que sim não?--Claudiomir J. Gonçalves (discussão) 18h09min de 19 de dezembro de 2014 (UTC)

Claudiomir, seu trabalho foi excelente ! Eu já editei várias listas e sei que é um trabalho muito difícil. Apenas três cidades estavam com erros e isso é insignificante. Parabéns, novamente !
PauloMSimoes (discussão) 18h31min de 19 de dezembro de 2014 (UTC)

Atualização 2013 (arquivo xlsx)[editar código-fonte]

Fiz uma compilação da tabela do IBGE, com os valores de PIB ordenados em forma decrescente. Isso facilita a atualização da lista. O arquivo em excel pode ser baixado desta página. Escolha a primeira linha (PIB IBGE.xlsx). A atualização deve ser feita da seguinte forma: selecione a célula na planilha e copie (não precisa copiar o número dentro da célula, copie a célula toda), depois cole no campo do texto a ser atualizado. Finalize corrigindo a ordem das cidades na lista (manualmente). Aconselho fazer tudo na página de testes, em código fonte, e só transferir quando estiver tudo ok.
PauloMSimoes (discussão) 04h44min de 28 de dezembro de 2015 (UTC)

Atualização 2014 incompleta[editar código-fonte]

Será que ninguém vai atualizar o restante da lista? Só atualizaram os 100 primeiros colocados. E o resto? Crítico Sim? 5h30min de 6 de Março de 2017 (UTC)

Atualização de 2015[editar código-fonte]

Saiu a de 2015. Vou ver se consigo fazer, inclusive a lista de PIB per capita. Crítico Sim? 18h40min de 15 de Dezembro de 2017 (UTC)