Discussão:Memórias Póstumas de Brás Cubas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Personagens[editar código-fonte]

Porque o personagem "Prudêncio" é listado como "Secundário", quando há a seção "Outros"? Sem uma fonte que estipule especificamente essa divisão isso fere WP:NPI. Ou todos são "Secundários", ou todos são "Outros", não é verdade?

Flávio, o Maddox (msg!contrib) 13h54min de 1 de dezembro de 2010 (UTC)

Dããã, se você lesse o livro saberia, rsrs... Mas é verdade, Prudêncio apenas é citado duas vezes e não influi na trama (arrisco a dizer, numa WP:NPI que tenho direito por estar numa página de discussão, que ele é uma alegoria do escravo e serve apenas para o autor comentar sobre a escravidão), porquanto que esses "Outros" são importantes e acompanham a narrativa até o final. —Auréola συζήτηση 17h15min de 1 de dezembro de 2010 (UTC)

Machado Não é Realista[editar código-fonte]

Do contrário do que os livros didáticos de ensino médio tendem à afirmar, Machado de Assis e suas obras NÃO SÃO de maneira alguma realistas. Machado fez duras críticas ao Realismo. Veja em seu ensaio "A Nova Geração"(clique aqui para um link da UFSC, que te levará ao dito ensaio), onde Machado afirma: a realidade é boa, o realismo é que não presta para nada. Além disso, diversas outras características podem ser apontadas para não classificar Machado como Realista, como: o fato de que em Memórias Póstumas de Bras Cubas o narrador e personagem principal é um morto; os personagens Machadianos possuíam uma psique bem característica e própria, que dizia o porquê do personagem ter feito o que fez, enquanto no Realismo os personagens são arquétipos que podem ser encontrados na sociedade. Machado fez severas críticas à esse padrão Realista no ensaio citado acima.

Mais informações a respeito dessa incongruência literária podem ser lidas nesse ótimo texto do professor da UERJ, Gustavo Bernardo: Aqui e a segunda parte aqui.

Eu sei que pode ser difícil esquecer o que nos foi doutrinadamente ensinado na Escola como verdade, e eu sei que essa informação à respeito de Machado é um tanto quanto oposta ao que muitos de nós acreditávamos, mas é a verdade que pode ser comprovada nos estudos mais recentes a respeito de Machado de Assis. Espero uma resposta dos Administradores para que eu possa começar a trabalhar na Edição de Artigos que relacionam Machado de Assis ao Realismo.

LucasStorm (discussão) 17h16min de 11 de julho de 2013 (UTC)

Outra importante fonte para sustentar meus argumentos estão no site da própria Academia Brasileira de Letras, pode ser lido aqui a sua biografia de acordo com a Academia; perceba que no penúltimo parágrafo é dito: A partir daí [1878], Machado de Assis entrou na grande fase das obras-primas, que fogem a qualquer denominação de escola literária e que o tornaram o escritor maior das letras brasileiras e um dos maiores autores da literatura de língua portuguesa. Além de que Machado não é, em momento algum no texto, filiado ao Realismo.

LucasStorm (discussão) 17h25min de 11 de julho de 2013 (UTC)