Dixie (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2018). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde junho de 2018). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Pode encontrar ajuda no WikiProjeto Cinema.
Se existir um WikiProjeto mais adequado, por favor corrija esta predefinição. Este artigo está para revisão desde junho de 2018.
Dixie
 Estados Unidos
1943 •  technicolor •  89 min 
Direção A. Edward Sutherland
Produção Paul Jones
Roteiro Claude Binyon
William Rankin
Karl Tunberg
Darrell Ware
Elenco Bing Crosby
Dorothy Lamour
Billy De Wolfe
Marjorie Reynolds
Lynne Overman
Eddie Foy Jr.
Gênero musical
Distribuição Paramount Pictures
Idioma inglês

Dixie é um filme estadunidense de 1943, do gênero musical, dirigido por A. Edward Sutherland e estrelado por Bing Crosby e Dorothy Lamour. O filme é vagamente baseado na vida de Daniel Decatur Emmett,[1] [2] compositor a quem é creditada a autoria da canção-título, que se tornou o hino informal dos confederados na Guerra de Secessão e é vista hoje como legítimo representante da cultura dos estados do Sul dos EUA, em que pesem as acusações de racismo, de que não conseguiu se desvencilhar.

Apesar de não ter sido um grande sucesso de público, Dixie introduziu um dos maiores clássicos de Crosby, a canção Sunday, Monday or Always, composta por Jimmy Van Heusen e Johnny Burke.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O filme acompanha os passos de Daniel Decatur Emmett, em meados do século XIX, desde sua saída do Kentucky até Nova Orleans, com uma estada em Nova Iorque de permeio. Daniel está noivo de Jean Mason e deseja vencer na vida como compositor. Em sua jornada, ele encontra Mr. Bones, um acordeonista oportunista, com quem forma o primeiro conjunto de brancos pintados de negros (técnica de maquiagem conhecida como blackface) e Milie Stark, com quem se envolve sentimentalmente. Depois de uma investida fracassada em Nova Iorque, onde vende várias composições por um preço vil, Emmett retorna a Nova Orleans e apresenta a canção que se tornaria um ícone da cultura norte-americana.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
Bing Crosby Daniel Decatur Emmett
Dorothy Lamour Millie Cook
Billy De Wolfe Mr. Jones
Marjorie Reynolds Jean Mason
Lynne Overman Whitlock
Eddie Foy Jr. Felham
Raymond Walburn Cook

Ver também[editar | editar código-fonte]

Filmes de 1943 da Paramount Pictures

Portal A Wikipédia tem os portais:

Referências

  1. EAMES, John Douglas, The Paramount Story, Londres: Octopus Books, 1985 (em inglês)
  2. http://www.allrovi.com/movies/movie/dixie-v80818
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.