Dulcênio Fontes de Matos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dulcênio Fontes de Matos
Bispo da Igreja Católica
4º Bispo de Palmeira dos Índios.
Hierarquia
Papa Francisco
Atividade Eclesiástica
Diocese Diocese de Palmeira dos Índios
Nomeação 12 de julho de 2006
Predecessor Dom Fernando Iório Rodrigues
Mandato 2006 -
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 14 de dezembro de 1985
Nomeação episcopal 18 de abril de 2001
Ordenação episcopal 16 de junho de 2001
por Dom Hildebrando Mendes Costa
Lema episcopal Pro Mundi Vita
Para a vida do mundo
Brasão episcopal
BishopCoA PioM.svg
Dados pessoais
Nascimento Lagarto,  Sergipe
19 de outubro de 1958 (58 anos)
Nacionalidade brasileiro
Funções exercidas Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Aracaju (2001-2006)
dados em catholic-hierarchy.org
Bispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Dom Dulcênio Fontes de Matos (Lagarto, Sergipe, 1958), filho de Manoel Dias Matos e Leonor de Araujo Fontes. Foi Vigário Paroquial de Lagarto; Pároco de Umbaúba; Administrador Paroquial de Cristinápolis; Pároco da Catedral de Estância. Atuou como 6º Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Aracaju entre os anos de 2001 a 2006 e atualmente bispo de Palmeira dos Índios[1][2]. Sua fotografia está fixada no salão da Cúria Metropolitana de Aracaju seguindo a sequência de Bispos Anteriores.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Bishop Dulcênio Fontes de Matos» (em inglês). The Hierarchy of the Catholic Church. Consultado em 21 de dezembro de 2009 
  2. «Dom Dulcênio Fontes é nomeado Bispo de Palmeira dos Índios». Cinform Online. Consultado em 21 de dezembro de 2009 
Ícone de esboço Este artigo sobre Episcopado (bispos, arcebispos, cardeais) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.