Edward Lear

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Edward Lear
Auto-Caricatura de Edward Lear (1870)
Nascimento 12 de maio de 1812
Highgate
Morte 29 de janeiro de 1888 (75 anos)
San Remo
Nacionalidade Reino Unido Inglês
Ocupação Pintor e escritor
Principais trabalhos Viagem numa peneira

Edward Lear (Highgate, Londres, 12 de Maio de 1812San Remo, 29 de Janeiro de 1888) foi um pintor e escritor inglês.

Em 1831 começou a trabalhar como ilustrador para a Zoological Society of London e depois para o Museu Britânico. Em 1835 passou a pintar também paisagens de modo minucioso. Publicou sete livros de viagens (pela Itália, Grécia, Egito e Índia) com ilustrações suas e três livros com desenhos de animais. Também pintava a óleo, mostrando influência do pré-rafaelismo.

Em 1846 deu lições de desenho à Rainha Vitória e escreveu seu primeiro Book of Nonsense, iniciando sua carreira literária na qual viria a se distinguir por desenvolver uma forma original de poemas de humor e absurdo e também por divulgar o limerick (poema de cinco versos com uma rima no primeiro, segundo e quinto e outra no terceiro e no quarto).

Publicou três livros de poemas nonsense ilustrados com figuras fantásticas e nos quais seu gênio se manifesta plenamente: Nonsense Songs, Stories, Botany and Alphabets (1871), More Nonsense Pictures, Rhymes, Botany etc (1872) e Laughable Lyrics (1877).

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Illustrations of the Family of the Psittacidae, or Parrots (1832)
  • Views in Rome and its Environs (1841)
  • Gleanings from the Menagerie at Knowsley Hall (1846)
  • Book of Nonsense (1846)
  • Illustrated Excursions in Italy (1846)
  • Mount Timohorit, Albania (1848)
  • Journal of a Landscape Painter in Greece and Albania (1851)
  • The falls of the Kalama Albania (1851)
  • Journal of a Landscape Painter in Southern Calabria (1852)
  • Poems and Songs by Alfred Tennyson (1853, 1859, 1860)
  • Journal of a Landscape Painter in Corsica (1870)
  • Nonsense Songs and Stories (1870, datado 1871)[1]
  • Tortoises, Terrapins, and Turtles (1872), introducção de J.E. Gray
  • More Nonsense Songs, Pictures, etc. (1872)[2]
  • Laughable Lyrics (1877)
  • Nonsense Alphabets
  • Argos from Mycenae (1884), atualmente na colecção do Trinity College, Cambridge [3]
  • Nonsense Botany (1888)
  • Alfred Tennyson, 1st Baron Tennyson's Poems, illustrated by Lear (1889)
  • Facsimile of a Nonsense Alphabet (1849, não publicado até 1926)
  • The Quangle-Wangle's Hat (unknown)
  • Edward Lear's Parrots by Brian Reade, Duckworth (1949), incluindo 12 pratos coloridos do Psittacidae de Lear
  • The Scroobious Pip, por terminar na altura da sua morte, mas completado por Ogden Nash e ilustrado por Nancy Ekholm Burkert (1968)
  • "Edward Lear: The Corfu Years" (1988) ISBN 0-907978-25-8
  • The 1970 Saturday morning cartoon Tomfoolery, baseado nas obras de Lear e Lewis Carroll

Referências

  1. Cox, Michael, ed. (2004). The Concise Oxford Chronology of English Literature Oxford University Press [S.l.] ISBN 0-19-860634-6 
  2. Happy Birthday Edward Lear. Oxford: Ashmolean Museum. 2012. p. 28. ISBN 978-1-85444-273-4 
  3. «Trinity College, University of Cambridge». BBC Your Paintings 


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.