Edward Whymper

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Edward Whymper
Edward Whymper, gravat de 1881
Nascimento 27 de abril de 1840
Londres
Morte 16 de setembro de 1911
Auvérnia-Ródano-Alpes
Cidadania Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda
Progenitores
  • Josiah Wood Whymper
Irmão(s) Frederick Whymper
Ocupação montanhista, desenhista, explorador, fotógrafo
Prêmios
Obras destacadas The amateur's greenhouse and conservatory
Assinatura
Signature of Edward Whymper.jpg

Edward Whymper (Londres, 27 de abril de 1840Chamonix, 16 de setembro de 1911) foi um ilustrador, alpinista e explorador britânico, mais conhecido pela primeira escalada do Matterhorn em 1865, descida durante a qual, quatro membros da expedição morreram.

Ascensões[editar | editar código-fonte]

Entre as suas ascensões mais notáveis destacam-se:

O seu livro Scrambles among the Alps (1871) é feito com a descrição dessas expedições e na qual se nota que se interessa mais pelas primeira ascensão do que da via tomada, pelo que se faz guiar sempre pelo melhor guia de alta montanha da época, e emprega assim Melchior Anderegg ou Christian Almer.

Como exemplo, a Aiguille Verte cujo corredor ficou com o seu nome, e mesmo se bifurcou directamente para o cume na última terceira parte, evitando assim uma parte mais difícil.

Está considerado como o ponto de passagem entre o alpinismo de exploração e o alpinismo desportivo.

Desastre no Matterhorn[editar | editar código-fonte]

Em 1865 Edward Whymper que há anos tenta conquistar o Matterhorn junta-se a Charles Hudson que havia escolhido Michel Croz como guia e que chefia uma cordada de sete alpinistas composta pelo velho guia Peter Taugwalder e o seu filho também como ele chamado Peter, como carregador, Lord Francis Douglas, Douglas Hadow, Charles Hudson e Whymper. Na descida Douglas Hadow perde o equilíbrio e arrasta na queda Croz, Lord Francis e Hudson.

Ver artigo principal: Uma descida trágica

Desenhador[editar | editar código-fonte]

Com uma formação de desenhador e de gravador, descobre os Alpes à procura de novos tema para ilustrações. Torna-se um grande alpinista e faz-se amigo dos seus guia de alta montanha dos quais nos deixa gravuras, como foi o caso com o desenho do reverendo Charles Hudson ou a gravura do seu guia Christian Almer.

Biografias[editar | editar código-fonte]

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]