Elisa Augusta da Conceição Andrade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Largo Trindade Coelho, em Lisboa: Ao centro, o edifício onde funcionou o consultório de Elisa Augusta.

Elisa Augusta da Conceição Andrade foi uma médica portuguesa, sendo a primeira mulher a exercer essa profissão em Portugal em 1889.[1][2]

Ao referir que foi a primeira médica portuguesa alertamos contudo para o facto de que não tenha sido possível, até hoje, strictu sensu, confirmar que Elisa Andrade tenha feito o Acto Grande. Pelo contrário, os Arquivos da Escola Médico Cirúrgica de Lisboa, actualmente no Hospital de Santa Maria, permitem afirmar que tenha sido, indefectivelmente, a primeira lá inscrita, em Outubro de 1880, bem como identificar o ano de seu nascimento, corria o ano de 1865.

Elisa Augusta estudou na Escola Médico-Cirúrgica de Lisboa, abrindo em 1889 o seu consultório médico-cirúrgico, especializado em senhoras e crianças, junto ao n.º 3 – 1.º Direito do então Largo de São Roque,[1] desde 1913 designado Largo Trindade Coelho.[3]

A 1 de Setembro de 1889, o Diário de Notícias saudava assim a primeira médica em Portugal:[4]

A Sr.ª D. Elisa Augusta da Conceição Andrade, que concluiu este ano o seu curso na Escola Médica de Lisboa, abriu consultório para senhoras e crianças. Eis enfim dado o primeiro e grande passo para a emancipação da mulher, em Portugal!

Dentro em pouco, daqui a um ano talvez, duas novas médicas, formadas pela escola do Porto virão juntar-se áquela, e o exemplo destas será seguido e outras lhe sucederão até que entre definitivamente nos nossos costumes a femme savante como até aqui entrara a ménagère. Para trás a touca de rendas e o avental de chita, para trás o tricot e a agulha de marfim, para traz o pot au feu! Honra à Ciência! Glória ao bisturi!

Os periódicos da época continuaram assinalando o sucesso da médica,descrevendo como "extraordinária" a concorrência de senhoras que recorriam aos seus serviços no consultório.[1]

Referências

  1. a b c Lousada 2009.
  2. Rodríguez-Ruiz & Rubio-Marín 2012.
  3. «RevelarLX o espaço e o tempo». revelarlx.cm-lisboa.pt. Consultado em 31 de Janeiro de 2018 
  4. Lousada 2009, p. 487.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um médico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.