Erich von Tschermak-Seysenegg

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Erich von Tschermak-Seysenegg
Botânica
Nacionalidade Áustria Austríaco
Nascimento 15 de novembro de 1871
Local Viena
Morte 11 de outubro de 1962 (90 anos)
Atividade
Campo(s) Botânica
Prêmio(s) Medalha Cothenius (1938)

Erich von Tschermak-Seysenegg (De-at Erich von Tschermak-Seysenegg.ogg [ˈeːɐ̯ʀɪç fɔn ˈʧɛʁmak ˈzaɪ̯zəˌnɛk] ; Viena, 15 de novembro de 187111 de outubro de 1962) foi um botânico austríaco, a quem se costuma atribuir a redescoberta dos trabalhos de Gregor Mendel, juntamente com Hugo de Vries e Carl Correns. Tschermak interrompeu seus estudos em Viena para trabalhar no Rotvorwerk Farm perto de Freiberg, Saxony. Ele completou a sua formação na Universidade de Halle, recebendo seu doutorado em 1896. Depois de trabalhar alguns anos em vários estabelecimentos de produção de sementes, ele se juntou a equipe da Academia de Agricultura em Viena, em 1901. Lá, ele passou praticamente toda sua carreira docente, atingindo o cargo de professor em 1906. [1]

NOMEAÇÕES E PREMIOS: [2]

  • Membro da Academia Real Sueca de Agricultura (1912);
  • Doutorado honorário da Universidade de Viena (1950);
  • Membro da Academia Real Sueca de Fisiografia (1951);
  • Anel de Honra da cidade de Viena (1951);
  • Premiação Austríaca de Ciência e Arte.

Referências

  1. «Erich Tschermak von Seysenegg | Austrian botanist». Consultado em 2016-08-30. 
  2. (2016-05-21) "Erich von Tschermak" (em en). Wikipedia, the free encyclopedia.


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.