Saltar para o conteúdo

Diferenças entre edições de "Villa Medicea di Cerreto Guidi"

8 bytes removidos ,  14h14min de 9 de novembro de 2009
CheckWiki Título com ligação interna utilizando AWB
m (correção)
(CheckWiki Título com ligação interna utilizando AWB)
{{Coord|43|45|31.14|N|10|52|45.34|E|type:landmark|display=title}}
 
[[Imagem:Cerreto guidi.jpg|thumb|350px|Fachada da [[Villa Medicea di Cerreto Guidi]].]]
 
A '''Villa Medicea di Cerreto Guidi''' é um antigo [[palácio]] da [[Família Médici]] que se encontra no centro de [[Cerreto Guidi]], na [[Província de Florença]], na ''Via dei Ponti Medicei'' nº 7. É uma das poucas villas dos Médici estavelmente aberta como museu, hospedando desde [[2002]] o "Museu Histórico da Caça e do Território" (''Museo storico della caccia e del territorio'').
A villa foi usada frequentemente em todas as estações, quer para batidas de caça, quer como ponto de estadia nas frequentes deslocações entre Florença e [[Pisa]] ou [[Livorno]]. No dia [[15 de Julho]] de [[1576]] ocorreu na villa o brutal assassínio de [[Isabel de Médici]] por obra do seu marido [[Paolo Giordano I Orsini]], talvez ajudado por um ou mais assassinos. A dama foi morta por estrangulamento como punição pela sua infidelidade. Na época, a villa pertencia a [[Dom Giovanni de Médici]], irmão de Isabel, o qual à sua morte deixou a ([[1621]]) deixou a propriedade ao sobrinho [[Lourenço de Médici (1599-1648)|Dom Lourenço de Médici]]. Depois do falecimento de Dom Lourenço, que não teve filhos, a villa passou para o seu irmão, o Grão-duque [[Cosme II de Médici|Cosme II]], que a deu ao seu filho, o Cardeal [[Leopoldo de Médici]] ([[1671]]).
 
[[Imagem:Giuseppe zocchi, villa di cerreto guidi.jpg|thumb|300px|A [[Villa Medicea di Cerreto Guidi]] numa gravura de Giuseppe Zocchi, ([[1744]]).]]
 
Quando a villa passou ao cardeal, procedeu-se a uma reestruturação interna para dar uma organização mais residencial e senhorial ao edifício. Com a morte de Leopoldo ([[1675]]), a villa regressou às mãos de [[Cosme II de Médici|Cosme II]] e pouco tempo depois foram feitos dois inventários ([[1705]] e [[1728]]), preciosos documentos que informam como a villa estava decorada com pinturas de valor (di [[Alessandro Allori]], [[Matteo Rosselli]], [[Andrea del Sarto]], entre outros) e tapeçarias, algumas das quais têm sido talvez identificadas como executadas a partir do desenho de [[Giovanni Stradano]].
80 686

edições