Estado de oxidação

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Estados de oxidação)
Ir para: navegação, pesquisa

Número de Oxidação (Nox) é um número que nos ajuda a entender como os elétrons estão distribuídos entre os átomos que constituem um composto iônico ou uma molécula. Através do Nox, é possivel saber se houve transferência de elétrons em uma reação química, ao se analisar a equação química que a representa,

Nos compostos iônicos, o Nox corresponde à própria carga do íon; nos compostos moleculares, o Nox corresponde à carga elétrica que o átomo iria adquirir se a ligação fosse rompida, e, nesse caso, os elétrons pertenceriam ao átomo mais eletronegativo da ligação em questão. O Nox deve ser determinado para cada átomo, um a um. A seguir, veremos um conjunto de orientações que permitem a determinação dos números de oxidação de uma forma bastante simples.

Orientações para determinar o Nox[editar | editar código-fonte]

O Nox de cada átomo de uma substância simples é sempre igual a zero. Como os átomos apresentam a mesma eletronegatividade, se ocorresse rompimento da ligação, nenhum deles doaria ou receberia elétrons. Exemplos: H2, O2, O3, P4, S8.

O Nox de um íon monoatômico é sempre igual à sua carga. Exemplos: Na+ (Nox=1), Ca2+ (Nox=2), Cl-(Nox=-1), S2- (Nox=-2)

Há alguns elementos que apresentam Nox fixo em seus compostos, conforme podemos ver na tabela a seguir.

Elementos que apresentam Nox fixo. O Nox informado se refere aos elementos destacados em negrito
Nox Exemplos
Metais alcalinos (Grupo 1 da Tabela Periódica) +1 NaCl, KNO3
Metais alcalino-terrosos (Grupo 2 da Tabela Periódica) +2 CaCO3, MgCl2
Al (alumínio) +3 AlCl3, Al2O3
Ag (prata) +1 AgCl, Ag2SO4
Zinco (Zn) +2 ZnO, ZnSO4

O elemento oxigênio possui vários números números de oxidação. Pode apresentar Nox -2 (o mais comum), +2, -1, -1/2.

Composto oxigenado Nox do oxigênio Exemplos
Maioria dos compostos -2 H2SO4, CO2, H20
Com fluor, que é mais eletronegativo que o oxigênio +2 OF2
Peróxidos -1 H2O2, Na2O2
Superóxidos -1/2 Cs2O4, K2O4

O Nox do elemento hidrogênio (H) nas substâncias compostas é, geralmente, +1. Exemplos: HBr H2SO4. Quando o hidrogênio estiver ligado a metal, formando hidretos metálicos, seu Nox é -1  Exemplos: NaH, CaH2.

Os halogênios apresentam Nox = –1 quando formam compostos binários (2 elementos), nos quais são mais eletronegativos. Exemplos: KBr, CaCl2 ,CF4.

A soma dos Nox de todos os átomos que compõe um composto iônico ou molecular é sempre zero.

Exemplo: Qual o número de oxidação do elemento fósforo na molécula H3PO4?

Observando as orientações, sabemos que o Nox do oxigênio é geralmente -2 e o Nox do hidrogênio é +1 (não se trata de um hidreto). Sabendo que o somatório dos números de oxidação deve ser igual a zero, temos:

elemento quantidade (atomicidade) Nox somatório parcial
H 3 +1 +3
P 1 X X
O 4 -2 -8

Cálculo do Nox: +3 +X -8 = 0

X= -3 + 8 = +5

Na molécula H3PO4 o Nox do elemento fósforo é, portanto, -5.

Oxidação e redução[editar | editar código-fonte]

Não confundir Nox com Valência (química), que é a quantidade de elétrons que um átomo necessita ganhar ou perder para alcançar a estabilidade, segundo a "Regra do octeto". Às o Nox é numericamente igual à valência do elemento.

Oxidação consiste em perda de elétrons. O Nox aumenta.

Redução consiste em ganho de elétrons. O Nox diminui.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]