Cloreto de magnésio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cloreto de magnésio
Alerta sobre risco à saúde
Aparência macroscópica
Identificadores
Número CAS 7786-30-3,
7791-18-6 (hexaidrato)
PubChem 24584
Número EINECS 232-094-6
Número RTECS OM2975000
Propriedades
Fórmula molecular MgCl2
MgCl2.6H2O (hexaidrato)
Massa molar 95,211 g.mol−1
203,31 g.mol−1 (hexaidrato)
Aparência Sólido cristalino branco ou incolor
Densidade 2,32 g.cm−3
1,56 g.cm−3 (hexaidrato)
Ponto de fusão

714 °C (987 K)

Ponto de ebulição

1 412 °C (1 685 K)

Índice de refracção (nD) 1,675
1,569 (hexaidrato)
Estrutura
Estrutura cristalina CdCl2
Geometria de
coordenação
Octaédrica
Farmacologia
Riscos associados
Classificação UE Irritante (Xi)
NFPA 704
NFPA 704.svg
0
1
0
 
Frases R R36/37
Frases S S22, S23, S24, S25
Compostos relacionados
Outros aniões/ânions Fluoreto de magnésio
Brometo de magnésio
Iodeto de magnésio
Sulfeto de magnésio
Outros catiões/cátions Cloreto de berílio
Cloreto de cálcio
Cloreto de sódio
Cloreto de alumínio
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Cloreto de magnésio é um composto químico de fórmula MgCl2, usado para diversos fins, designadamente na culinária, para preparação de tofu a partir do leite de soja, na medicina, com fins terapêuticos, ou mesmo na indústria, como anti-congelante ou para produção de magnésio por electrólise.

A maior fonte de cloreto de magnésio é a água do mar, de onde é extraído com fins comerciais.

Cuidados[editar | editar código-fonte]

O cloreto de magnésio pode ser irritante, por isso deve ser manipulado com precaução. O uso do Cloreto de Magnésio faz-se 1 hora antes das refeições com 2 ou mais copos de água, isso vai anular possíveis queimaduras ou efeitos laxantes.

Uso médico[editar | editar código-fonte]

Emblem-scales.svg
A neutralidade deste(a) artigo ou se(c)ção foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão.
Justifique o uso dessa marca na página de discussão e tente torná-lo mais imparcial.

Em 1915, o professor de cirurgia clínica Pierre Delbet desenvolveu uma pesquisa[1] que mostrou alguma eficácia do cloreto de magnésio contra tumores, quando utilizado como aditivo alimentar.

Apesar de não haver provas comprovadas de sua eficácia, há pessoas que acreditam que se trata de uma substância capaz de curas milagrosas para uma grande variedade de doenças.[2]

A toxicidade do magnésio é rara em indivíduos saudáveis com uma dieta normal, porque o excesso de magnésio é prontamente excretado na urina pelos rins.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um composto inorgânico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.