Eternidade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Eternidade (desambiguação).

Eternidade é um conceito filosófico [1][2] que se refere, no sentido comum, ao tempo infinito. No sentido filosófico, refere-se a algo que não pode ser medido pelo tempo, porquanto o transcende. Nesse sentido, eterno é algo sem começo e nem fim. Um exemplo clássico do ser eterno é o Deus judaico-cristão.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

A palavra 'eternidade' vem do latim aeturnus, termo que, por sua vez, é uma derivação de aevum, que significa 'era' ou 'tempo'.[1] [3]

O termo costuma ser entendido em dois sentidos. No sentido comum, significa ‘sempiternidade’ (do latim sempiternus,a,um: 'perpétuo, eterno, imortal'), isto é, duração ou tempo infinito. Já no sentido mais usual entre os filósofos, corresponde a atemporalidade, ou seja, a algo que não pode ser medido pelo tempo, pois o transcende. [2][1]

Referências

  1. a b c Paul Helm, Eternity 1. Etimology, Stanford Encyclopedia of Philosophy, 1º de novembro de 2015, (em inglês)
  2. a b Ferrater Mora, J.; Terricabras, Josep-Maria. Dicionário de filosofia, vol 2. São Paulo: Loyola, 1994, p. 925.
  3. (em italiano) Aevum. Apologetica e filosofia cristiana.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Eternidade


Ícone de esboço Este artigo sobre filosofia/um(a) filósofo(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.