Euclides Vieira Malta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Euclides Vieira Malta (Mata Grande, 16 de setembro de 1861Recife, 16 de julho de 1944) foi um magistrado e político brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho do Alferes de Milícias Manoel Francisco Malta e Maria Vieira Malta. Casou-se com Maria Gomes Malta, filha de Manuel Gomes Ribeiro, o barão de Traipu. Tiveram 3 filhos: Euclides Vieira Malta Filho, Maria Vieira Malta e Ciro Vieira Malta.

Foi formado pela Faculdade de Direito de Recife em 1886. Exerceu a advogacia. Ocupou o cargo de promotor público em Atalaia, Coruripe e Penedo.

Foi deputado estadual de 1890-1891 e 1895-1896, prefeito de Penedo de 7 de janeiro de 1895 a 7 de janeiro de 1897, federal em 1892-1893 e 1897-1899, governador do estado de Alagoas por duas vezes, de 12 de junho de 1900 a 12 de junho de 1903 e 12 de junho de 1906 a 3 de junho de 1909, e senador de 1903-1905, 1906-1908 e 1921-1926, durante a República Velha. Sua sobrinha-neta, Rosane Collor, foi a primeira-dama do Brasil entre 1990 e 1992[1].

Referências

  1. «Cópia arquivada». Consultado em 23 de agosto de 2008. Arquivado do original em 7 de fevereiro de 2009 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Francisco Manuel dos Santos Pacheco
Governador de Alagoas
12 de junho de 1900 — 12 de junho de 1903
Sucedido por
Joaquim Paulo Vieira Malta
Precedido por
Joaquim Paulo Vieira Malta
Governador de Alagoas
12 de junho de 1906 — 3 de junho de 1909
Sucedido por
José Miguel de Vasconcelos


Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.