Lista de governadores de Alagoas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Governador de Alagoas
Brasão de armas do Estado de Alagoas.png
Recebe em audiência o governador de Alagoas, Renan Filho. (16551164323) - cropped.jpg
No cargo
Renan Filho

desde 1 de janeiro de 2015
Residência Palácio República dos Palmares
Duração 4 anos
Criado em 1889
Primeiro titular Tibúrcio Valério de Araújo
Website http://www.governo.al.gov.br/

Esta é uma lista de governantes de Alagoas.

Fundação da Capitania de Alagoas

Em 1819, os registros mostravam uma população de 111 973 pessoas.[1] Contavam-se, então, na província, oito vilas.[1] Alagoas já se constituíra capitania independente da de Pernambuco, criada pelo alvará de 16 de setembro de 1817.[2] A repercussão da Revolução Pernambucana desse ano contribuiu para facilitar o processo de emancipação. O ouvidor Batalha foi o principal mentor da gente alagoana. Aproveitando-se da situação e infringindo as próprias leis régias, desmembrou a comarca da jurisdição de Pernambuco e nela constituiu um governo provisório. Esses atos foram suficientes para abrir caminhos que levaram D. João a sancionar o desmembramento.[1] Sebastião Francisco de Melo e Póvoas, governador nomeado, só assumiu o governo a 22 de janeiro de 1819.[3]

Acentuou-se, a partir de então, o surto de prosperidade de Alagoas.[1] Em 17 de agosto de 1831, apareceu o Íris Alagoense, primeiro jornal publicado na província, assim considerada a partir da independência do Brasil e organização do império.[4] É certo que os primeiros anos de independência não foram fáceis. Uma sequência de movimentos abalou a vida provincial: em 1824, a Confederação do Equador; em 1832-1835, a Cabanada; em 1844, a rebelião conhecida como Lisos e Cabeludos; em 1849, a repercussão da revolução praieira.[1]

Após o escândalo que levou Renan Calheiros a renunciar à presidência do Senado Federal do Brasil, em 2007,[5] seu filho, Renan Filho (PMDB), foi eleito prefeito de Murici, em outubro de 2008.[6] O prefeito Cícero Almeida (PP), foi reeleito com 81,49% dos votos.[7]

Cenário político alagoano atualmente

Em setembro de 2008, o presidente da Assembleia Legislativa de Alagoas, Antonio Albuquerque (PT do B), foi destituído do cargo.[8] Ele foi o principal suspeito do desvio de R$ 280 milhões do poder legislativo, investigado na Operação Taturana.[9] Catorze deputados foram indiciados.[10] O deputado Fernando Toledo (PSDB) assumiu a presidência da Casa.[11] Em julho de 2009, o presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Gilmar Mendes, determinou que oito dos 14 deputados retornassem à Assembleia, entre eles Antonio Albuquerque.[12]

Em outubro de 2006, Teotônio Vilela (PSDB) foi eleito governador do estado, sendo reeleito, em outubro de 2010, com 52,74% dos votos, em segundo turno, contra o seu adversário, o candidato Ronaldo Lessa (PDT), que ficou com 47,26%.[13]

Renan Filho é eleito Governador de Alagoas em 2014, tomando posse em 1 de janeiro de 2015, em 7 de outubro de 2018, foi reeleito para um segundo mandato, mantendo assim a hegemonia da família Calheiros nos últimos anos.[14]

Governantes do período colonial (1817 — 1822)[editar | editar código-fonte]

A capitania de Alagoas foi criada em 16 de setembro de 1817, desmembrando-se da capitania de Pernambuco, cujo governador a comandou até 1819. Em 28 de fevereiro de 1821 todas as capitanias do Brasil foram renomeadas "províncias".

Nome Imagem Início do mandato Fim do Mandato Observações Referências e notas
José Inácio Borges José Ignácio Borges.jpg 16 de setembro de 1817 22 de janeiro de 1819 Como governador da Capitania de Pernambuco
1 Sebastião Francisco de Melo e Póvoas
Sin foto.svg
22 de janeiro de 1819 31 de janeiro de 1822
2 José António Ferreira Brak-Lamy Jose Antonio Ferreira Brak-Lamy.jpg 31 de janeiro de 1822 28 de junho de 1822 Último governador sob o domínio português
3 Caetano Maria Lopes Gama
(presidente da junta governativa)
Caetano maria lopes gama.jpg 28 de junho de 1822 1º de outubro de 1822

Governantes do período imperial (1822 — 1889)[editar | editar código-fonte]

Legenda

     Partido Conservador

     Partido Liberal

     Partido Democrático

     Partido Popular

     Partido Moderado

Nome Imagem Partido Início do mandato Fim do mandato Observações
Primeiro Reinado (1822-1831)
1 Caetano Maria Lopes Gama Caetano maria lopes gama.jpg Partido Popular[15] 28 de junho de 1822 1º de outubro de 1822 Visconde de Maranguape

Presidente da Junta Governativa

2 José Fernandes Bulhões
Sin foto.svg
Partido Popular[15] 1º de outubro de 1822 12 de novembro de 1822 Presidente da Junta Governativa
3 Lourenço Accioly Canavarro
Sin foto.svg
Partido Democrático[16] 12 de novembro de 1822 1º de janeiro de 1824 Presidente da Junta Governativa
4 Francisco de Assis Barbosa
Sin foto.svg
Partido Democrático[16] 1º de janeiro de 1824 1º de julho de 1824 Presidente da Junta Governativa
5 Eugênio Lóssio Seiblitz
Sin foto.svg
Partido Popular[15] 1º de julho de 1824 14 de fevereiro de 1828 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
6 Cândido José de Araújo Viana Marques de sapucai.jpg Partido Popular[15] 14 de fevereiro de 1828 1º de janeiro de 1829 Marquês de Sapucaí
7 Manuel Antônio Galvão
Sin foto.svg
Partido Moderado[17] 1º de janeiro de 1829 4 de abril de 1830 Desembargador
8 Caetano Montenegro Filho
Sin foto.svg
Partido Popular[15] 4 de abril de 1830 19 de maio de 1831 Visconde de Vila Real da Praia Grande
Período regencial (1831-1840)
9 Manuel de Miranda Henriques
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 19 de maio de 1831 16 de novembro de 1832 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
10 Antônio Chichorro da Gama Antonio pinto chichorro da gama.jpg Partido Liberal[19] 16 de novembro de 1832 2 de setembro de 1833 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
11 Vicente Figueiredo de Camargo
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 2 de setembro de 1833 14 de dezembro de 1834 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
12 José Joaquim Machado
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 14 de dezembro de 1834 15 de maio de 1835 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
13 Antônio Joaquim de Moura
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 15 de maio de 1835 23 de agosto de 1836 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
14 Rodrigo de Sousa Pontes
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 23 de agosto de 1836 18 de abril de 1838 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Agostinho da Silva Neves
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 18 de abril de 1838 29 de outubro de 1838 1° Vice-Presidente no cargo de titular
José Tavares Bastos
José Tavares Bastos.png
Partido Conservador[18] 29 de outubro de 1838 30 de outubro de 1838 2° Vice-Presidente no cargo de titular
15 João de Sinimbu Joao lins vieira cansansao de sinimbu.jpg Partido Liberal[19] 30 de outubro de 1838 3 de novembro de 1838 Visconde de Sinimbu
16 Agostinho da Silva Neves
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 3 de novembro de 1838 10 de janeiro de 1840 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
17 João de Sinimbu Joao lins vieira cansansao de sinimbu.jpg Partido Liberal[19] 10 de janeiro de 1840 18 de julho de 1840 Visconde de Sinimbu
Segundo Reinado (1840-1889)
18 Manuel Felizardo de Mello
Manuel Felizardo de Sousa e Melo.jpg
Partido Conservador[18] 18 de julho de 1840 27 de dezembro de 1842 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Caetano Silvestre da Silva
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 27 de dezembro de 1842 1º de março de 1843 1° Vice-Presidente no cargo de titular
19 Anselmo Francisco Peretti
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 1º de março de 1843 1º de julho de 1844 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
20 Bernardo de Sousa Franco Bernardo de Sousa Franco.jpg Partido Conservador[18] 1º de julho de 1844 9 de dezembro de 1844 Visconde de Sousa Franco
21 Caetano Maria Lopes Gama Caetano maria lopes gama.jpg Partido Conservador[18] 9 de dezembro de 1844 16 de julho de 1845 Visconde de Maranguape
Henrique Marques Lisboa
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 16 de julho de 1845 10 de novembro de 1845 1° Vice-Presidente no cargo de titular
22 Antônio de Campos Mello
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 10 de novembro de 1845 12 de agosto de 1847 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Félix Britto de Mello
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 12 de agosto de 1847 16 de maio de 1848 1° Vice-Presidente no cargo de titular
23 João Bandeira de Mello
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 16 de maio de 1848 5 de fevereiro de 1849 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Antônio Nunes de Aguiar
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 5 de fevereiro de 1849 14 de julho de 1849 1° Vice-Presidente no cargo de titular
24 José Bento Figueiredo
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 14 de julho de 1849 5 de junho de 1850 Visconde do Bom Conselho
Manuel Sobral Pinto
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 5 de junho de 1850 15 de outubro de 1850 1° Vice-Presidente no cargo de titular
25 José Bento Figueiredo
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 15 de outubro de 1850 20 de junho de 1851 Visconde do Bom Conselho
Manuel Sobral Pinto
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 20 de junho de 1851 28 de dezembro de 1851 1° Vice-Presidente no cargo de titular
26 José Bento Figueiredo
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 28 de dezembro de 1851 24 de abril de 1853 Visconde do Bom Conselho
Manuel Sobral Pinto
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 24 de abril de 1853 19 de outubro de 1853 1° Vice-Presidente no cargo de titular
27 José Antônio Saraiva Consº. Saraiva. Fallecido na Bahia em 21 de Julho de 1895.jpg Partido Liberal[19] 19 de outubro de 1853 26 de abril de 1854 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Roberto Calheiros
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 26 de abril de 1854 13 de outubro de 1854 1° Vice-Presidente no cargo de titular
Antônio Coelho de Sá e Albuquerque Antonio coelho de sa e albuquerque.jpg Partido Liberal[19] 13 de outubro de 1854 23 de outubro de 1854 2° Vice-Presidente no cargo de titular
28 José Antônio Saraiva Antonio Saraiva 00.jpg Partido Liberal[19] 23 de outubro de 1854 4 de maio de 1855 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Antônio Coelho de Sá e Albuquerque Antonio coelho de sa e albuquerque.jpg Partido Liberal[19] 4 de maio de 1855 7 de novembro de 1855 2° Vice-Presidente no cargo de titular
Roberto Calheiros
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 7 de novembro de 1855 5 de março de 1856 1° Vice-Presidente no cargo de titular
29 José Antônio Saraiva Antonio Saraiva 00.jpg Partido Liberal[19] 5 de março de 1856 20 de maio de 1856 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
30 Esperidião de Barros Pimentel
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 20 de maio de 1856 16 de julho de 1856 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
31 José Antônio Saraiva Antonio Saraiva 00.jpg Partido Liberal[19] 16 de julho de 1856 19 de fevereiro de 1857 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Ângelo Tomás do Amaral
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 19 de fevereiro de 1857 14 de agosto de 1857 1° Vice-Presidente no cargo de titular
Inácio Mendonça
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 14 de agosto de 1857 10 de dezembro de 1857 2° Vice-Presidente no cargo de titular
Ângelo Tomás do Amaral
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 10 de dezembro de 1857 19 de fevereiro de 1858 1° Vice-Presidente no cargo de titular
Roberto Calheiros
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 19 de fevereiro de 1858 16 de abril de 1858 3° Vice-Presidente no cargo de titular
Ângelo Tomás do Amaral
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 16 de abril de 1858 19 de fevereiro de 1859 1° Vice-Presidente no cargo de titular
Roberto Calheiros
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 19 de fevereiro de 1859 16 de abril de 1859 3° Vice-Presidente no cargo de titular
Agostinho Luís da Gama
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 16 de abril de 1859 9 de junho de 1859 4° Vice-Presidente no cargo de titular
Roberto Calheiros
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 9 de junho de 1859 1º de outubro de 1859 3° Vice-Presidente no cargo de titular
32 Manuel Sousa Dantas Sousa Dantas.jpg Partido Liberal[19] 1º de outubro de 1859 1º de maio de 1860 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
33 Pedro Leão Veloso
Retrato de Pedro Leão Veloso.png
Partido Conservador[18] 1º de maio de 1860 15 de março de 1861 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
34 Roberto Calheiros
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 15 de março de 1861 17 de abril de 1861 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Antônio de Sousa Carvalho
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 17 de abril de 1861 15 de agosto de 1861 1° Vice-Presidente no cargo de titular
35 Roberto Calheiros
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 15 de agosto de 1861 6 de dezembro de 1862 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Antônio de Sousa Carvalho
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 6 de dezembro de 1862 15 de julho de 1863 1° Vice-Presidente no cargo de titular
36 João Marcelino Gonzaga
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 15 de julho de 1863 16 de março de 1864 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
37 Roberto Calheiros
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 16 de março de 1864 15 de dezembro de 1864 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
38 João Batista Campos
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 15 de dezembro de 1864 31 de julho de 1865 Visconde de Jari
39 Esperidião de Barros Pimentel
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 31 de julho de 1865 19 de abril de 1866 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Galdino Augusto da Silva
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 19 de abril de 1866 30 de junho de 1866 1° Vice-Presidente no cargo de titular
40 José Martins Alencastre
Presidente José Martins Pereira de Alencastre.jpg
Partido Liberal[19] 30 de junho de 1866 18 de abril de 1867 Presidente Interino
Galdino Augusto da Silva
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 18 de abril de 1867 22 de julho de 1867 1° Vice-Presidente no cargo de titular
Benjamim Franklin da Rocha
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 22 de julho de 1867 30 de julho de 1867 2° Vice-Presidente no cargo de titular
41 Tomás do Bonfim Espíndola
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 30 de julho de 1867 6 de agosto de 1867 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
João Francisco Duarte
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 6 de agosto de 1867 9 de setembro de 1867 1° Vice-Presidente no cargo de titular
Antônio Moreira de Barros
Antônio Moreira de Barros.jpg
Partido Conservador[18] 9 de setembro de 1867 25 de maio de 1868 2° Vice-Presidente no cargo de titular
Graciliano Pimentel
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 25 de maio de 1868 27 de julho de 1868 3° Vice-Presidente no cargo de titular
42 Silvério Fernandes de Araújo
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 27 de julho de 1868 2 de outubro de 1868 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
José Bento Figueiredo Jr
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 2 de outubro de 1868 2 de fevereiro de 1871 1° Vice-Presidente no cargo de titular
43 Silvério Fernandes de Araújo
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 2 de fevereiro de 1871 28 de maio de 1871 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
44 Silvino Elvídio Carneiro
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 28 de maio de 1871 22 de dezembro de 1872 Barão de Abiaí
45 Rômulo Perez Moreno
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 22 de dezembro de 1872 15 de março de 1874 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
46 João Vieira de Araújo
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 15 de março de 1874 11 de março de 1875 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
47 João Tomé da Silva
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 11 de março de 1875 7 de junho de 1875 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Caetano Cavalcanti
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 7 de junho de 1875 1° de janeiro de 1876 1° Vice-Presidente no cargo de titular
Pedro Antônio Moreira
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 1° de janeiro de 1876 20 de dezembro de 1976 2° Vice-Presidente no cargo de titular
Luís Eugênio Horta
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 20 de dezembro de 1976 1° de fevereiro de 1877 3° Vice-Presidente no cargo de titular
Pedro Antônio Moreira
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 1° de fevereiro de 1877 16 de maio de 1877 2° Vice-Presidente no cargo de titular
Antônio Passos Miranda
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 16 de maio de 1877 2 de janeiro de 1878 4° Vice-Presidente no cargo de titular
48 Tomás do Bonfim Espíndola
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 2 de janeiro de 1878 11 de março de 1878 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
49 Francisco Soares Brandão Francisco de carvalho soares brandao.jpg Partido Liberal[19] 11 de março de 1878 18 de novembro de 1878 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
José de Araújo Barros
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 18 de novembro de 1878 28 de dezembro de 1878 1° Vice-Presidente no cargo de titular
50 Cincinnato Pinto da Silva
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 28 de dezembro de 1878 29 de junho de 1880 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Hermelindo Accioly de Barros Pimentel
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 29 de junho de 1880 6 de julho de 1880 1° Vice-Presidente no cargo de titular
51 José Eustáquio Ferreira
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 6 de julho de 1880 28 de março de 1882 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Augusto Pereira Franco
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 28 de março de 1882 16 de março de 1882 1° Vice-Presidente no cargo de titular
José Barbosa Torres
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 16 de março de 1882 11 de junho de 1882 2° Vice-Presidente no cargo de titular
Augusto Pereira Franco
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 11 de junho de 1882 3 de novembro de 1882 3° Vice-Presidente no cargo de titular
Carlos de Carvalho Gama
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 3 de novembro de 1882 29 de outubro de 1882 1° Vice-Presidente no cargo de titular
52 Domingos Antônio Rayol
Domingos Antônio Raiol, Barão de Guajará.jpg
Partido Liberal[19] 29 de outubro de 1882 21 de dezembro de 1882 Barão de Guajará
53 Joaquim de Mello Barreto
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 21 de dezembro de 1882 5 de maio de 1883 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Carlos de Carvalho Gama
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 5 de maio de 1883 25 de agosto de 1883 1° Vice-Presidente no cargo de titular
54 Henrique de Magalhães Salles
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 25 de agosto de 1883 17 de setembro de 1884 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Carlos de Carvalho Gama
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 17 de setembro de 1884 11 de setembro de 1884 1° Vice-Presidente no cargo de titular
José Bento Vieira de Barcellos
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 11 de setembro de 1884 4 de janeiro de 1885 2° Vice-Presidente no cargo de titular
55 Antônio Tibúrcio Figueira
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 4 de janeiro de 1885 6 de julho de 1885 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
56 Pedro Leão Veloso Filho
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 6 de julho de 1885 7 de outubro de 1885 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
57 Anfilófio Freire de Carvalho
Anfilófio de Carvalho.png
Partido Conservador[18] 7 de outubro de 1885 26 de março de 1886 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
58 Geminiano Brasil de Oliveira Góis
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 26 de março de 1886 8 de novembro de 1886 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
59 José Moreira Alves da Silva Alberto Henschel - Jose Moreira Alves da Silva - edited.jpg Partido Liberal[19] 8 de novembro de 1886 5 de setembro de 1887 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
60 Antônio Caio da Silva Prado
Partido Liberal[19] 5 de setembro de 1887 16 de abril de 1888 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
61 Manuel Gomes Ribeiro
Partido Conservador[18] 16 de abril de 1888 10 de junho de 1888 Barão de Traipu
62 José Cesário Monteiro de Barros
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 10 de junho de 1888 6 de janeiro de 1889 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
63 Aristides Augusto Milton
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 6 de janeiro de 1889 29 de junho de 1889 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
Manuel de Gusmão Lira
Sin foto.svg
Partido Conservador[18] 29 de junho de 1889 1º de agosto de 1889 1° Vice-Presidente no cargo de titular
64 Victor Fernandes de Barros
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 1º de agosto de 1889 15 de novembro de 1889 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial
65 Pedro Ribeiro Moreira
Sin foto.svg
Partido Liberal[19] 15 de novembro de 1889 17 de novembro de 1889 Presidente Provincial nomeado por Carta imperial

Governantes da Primeira República (1889 — 1930)[editar | editar código-fonte]

  mandatários eleitos por votação direta
  mandatários que assumiram o governo por serem vice-governadores
  mandatários eleitos por votação indireta ou que assumiram na qualidade de representantes do Poder Legislativo
  mandatários nomeados diretamente pelo governo central em épocas de convulsão político-social e ditadura militar
Nome Imagem Partido Início do mandato Fim do mandato Observações
Primeira República Brasileira (1889-1930)
1 Aureliano Augusto de Azevedo Pedra
Manuel Ribeiro Barretos de Meneses
Ricardo Brenand Monteiro
Brasão de armas do Estado de Alagoas.png 18 de novembro de 1889 21 de novembro de 1889
2 Tibúrcio Valério de Araújo
PRD 21 de novembro de 1889 2 de dezembro de 1889
3 Pedro Paulino da Fonseca
PRD 2 de dezembro de 1889 18 de dezembro de 1890
4 Manuel de Araújo Góis
PRD 18 de dezembro de 1890 12 de junho de 1891
5 Pedro Paulino da Fonseca
PRD 12 de junho de 1891 14 de junho de 1891
6 Manuel de Araújo Góis
PRD 14 de junho de 1891 23 de novembro de 1891
7 José Correia Teles
Manuel Ribeiro Barreto de Meneses
Jacinto de Assunção Pais de Mendonça
Carlos Jorge Calheiros de Lima
Brasão de armas do Estado de Alagoas.png 23 de novembro de 1891 28 de novembro de 1891
8 Manuel Gomes Ribeiro
PCA 28 de novembro de 1891 24 de abril de 1892
9 Gabino Besouro
PCA 24 de abril de 1892 16 de junho de 1894
10 Manuel Sampaio Marques
José Tavares da Costa
Francisco Soares Palmeira
Brasão de armas do Estado de Alagoas.png 16 de junho de 1894 17 de julho de 1894
11 Tibúrcio Valeriano da Rocha Lins
PCA 17 de julho de 1894 17 de outubro de 1894
12 Manuel Gomes Ribeiro
PCA 17 de outubro de 1894 14 de janeiro de 1896
13 José Vieira Peixoto
PEDA 14 de janeiro de 1896 12 de junho de 1897
14 Manuel José Duarte
PRF 12 de junho de 1897 12 de junho de 1899
15 Francisco Manuel dos Santos Pacheco
PRD 12 de junho de 1899 12 de junho de 1900
16 Euclides Vieira Malta
PEDA 12 de junho de 1900 12 de junho de 1903
17 Joaquim Paulo Vieira Malta
PRD 12 de junho de 1903 12 de junho de 1906
18 Euclides Vieira Malta
PRD 12 de junho de 1906 3 de junho de 1909
19 José Miguel de Vasconcelos
PRD 3 de junho de 1909 12 de junho de 1909
20 Macário das Chagas Rocha Lessa
PL 12 de junho de 1909 12 de junho de 1912
21 Clodoaldo da Fonseca
PEDA 12 de junho de 1912 12 de junho de 1915
22 João Batista Accioli Jr
PRD 12 de junho de 1915 12 de junho de 1918
23 José Fernandes de Barros Lima
PEDA 12 de junho de 1918 1º de março de 1921
Manuel Capitolino da Rocha Carvalho
PRD 1º de março de 1921 12 de junho de 1921
24 José Fernandes de Barros Lima
PEDA 12 de junho de 1921 12 de junho de 1924
25 Pedro da Costa Rego
Pedro da Costa Rego 2.tif
PDN 12 de junho de 1924 7 de junho de 1928
José Júlio Cansanção
PDN 7 de junho de 1928 12 de junho de 1928
26 Álvaro Correia Pais
PDN 12 de junho de 1928 14 de outubro de 1930
Segunda e Terceira Repúblicas Brasileiras (1930-1945)
27 Hermilo de Freitas Melro
PP 14 de outubro de 1930 9 de agosto de 1931 Interventor federal nomeado
28 Luís de França Albuquerque
PL 9 de agosto de 1931 31 de outubro de 1931 Interventor federal nomeado
29 Tasso de Oliveira Tinoco
AL 31 de outubro de 1931 25 de outubro de 1932 Interventor federal nomeado
30 Luís de França Albuquerque
PL 25 de outubro de 1932 10 de janeiro de 1933 Interventor federal nomeado
31 Affonso de Carvalho
AL 10 de janeiro de 1933 2 de março de 1934 Interventor federal nomeado
32 Temístocles Vieira de Azevedo
AL 2 de março de 1934 1º de maio de 1934 Interventor federal nomeado
33 Osman Loureiro
Francisco de Assis Barbosa..tif
AL 1º de maio de 1934 26 de março de 1935 Interventor federal nomeado
34 Edgar de Góis Monteiro
PD 26 de março de 1935 10 de maio de 1935 Interventor federal nomeado
35 Benedito Augusto da Silva
LRC 10 de maio de 1935 27 de maio de 1935 Interventor federal nomeado
36 Osman Loureiro
Francisco de Assis Barbosa..tif
PTB 27 de maio de 1935 31 de outubro de 1940 Governador eleito pela Assembleia
37 José Maria Correia das Neves
PDN 31 de outubro de 1940 1º de fevereiro de 1941 Governador eleito pela Assembleia
38 Ismar de Góis Monteiro
PSD 1º de fevereiro de 1941 10 de novembro de 1945 Governador eleito pela Assembleia
Quarta República Brasileira (1945-1964)
39 Edgar de Góis Monteiro
PSD 10 de novembro de 1945 18 de dezembro de 1945 Governador eleito pela Assembleia
40 Antonio Guedes de Miranda
PSD 10 de novembro de 1945 26 de março de 1947 Governador eleito pela Assembleia
41 Silvestre Péricles
PSD 26 de março de 1947 31 de janeiro de 1951 Governador eleito em sufrágio universal
42 Arnon de Mello
UDN 31 de janeiro de 1951 31 de janeiro de 1956 Governador eleito em sufrágio universal
43 Sebastião Muniz Falcão
PSP 31 de janeiro de 1956 31 de janeiro de 1961 Governador eleito em sufrágio universal
44 Luiz Cavalcante
UDN 31 de janeiro de 1961 31 de janeiro de 1966 Governador eleito em sufrágio universal
Quinta República Brasileira (1964-1985)
45 João José Batista Tubino
Militar 31 de janeiro de 1966 15 de agosto de 1966 Interventor Federal
46 Antônio Simeão de Lamenha Filho
ARENA 15 de agosto de 1966 15 de março de 1971 Governador nomeado pela Assembleia Legislativa
47 Afrânio Lages
Afrânio Salgado Lages, governador de Alagoas.tif
ARENA 15 de março de 1971 15 de março de 1975 Governador nomeado pela Assembleia Legislativa
48 Divaldo Suruagy
ARENA 15 de março de 1975 14 de agosto de 1978 Governador nomeado pela Assembleia Legislativa
49 Ernandes Lopes Dorvillé
14 de agosto de 1978 14 de setembro de 1978 Governador interino

Presidente do Tribunal de Justiça

50 Geraldo Mello
ARENA 14 de setembro de 1978 15 de março de 1979 Governador nomeado pela Assembleia Legislativa
51 Guilherme Palmeira Guilherme palmeira.jpg ARENA 15 de março de 1979 15 de março de 1982 Governador nomeado pela Assembleia Legislativa
52 Teobaldo Vasconcelos
PDS 15 de março de 1982 15 de março de 1983 Vice-governador nomeado pela Assembleia Legislativa,
assumiu em decorrência da renúncia do titular
53 Divaldo Suruagy
PDS 15 de março de 1983 14 de maio de 1986 Governador eleito em sufrágio universal
Sexta República Brasileira (1985-presente)
54 José de Medeiros Tavares
PDS 14 de maio de 1986 15 de março de 1987 Vice-governador eleito por voto direto,
assumiu em decorrência da renúncia do titular
55 Fernando Collor
PMDB 15 de março de 1987 14 de maio de 1989 Governador eleito em sufrágio universal
56 Moacir Andrade
PRN 14 de maio de 1989 15 de março de 1991 Vice-governador eleito por voto direto,
assumiu em decorrência da renúncia do titular
que concorreu à presidência da República
57 Geraldo Bulhões PSC 15 de março de 1991 1º de janeiro de 1995 Governador eleito em sufrágio universal
58 Divaldo Suruagy
PMDB 1º de janeiro de 1995 17 de julho de 1997 Governador eleito em sufrágio universal
59 Manuel de Barros
PTB 17 de julho de 1997 1º de janeiro de 1999 Vice-governador eleito por voto direto,
assumiu em decorrência da renúncia do titular
60 Ronaldo Lessa Ronaldo lessa.jpg PSB 1º de janeiro de 1999 1º de janeiro de 2003 Governador eleito em sufrágio universal
1º de janeiro de 2003 31 de março de 2006 Governador reeleito em sufrágio universal
61 Luís Abílio de Sousa Neto
PDT 31 de março de 2006 1º de janeiro de 2007 Vice-governador eleito por voto direto,
assumiu em decorrência da renúncia do titular
62 Teotônio Vilela Filho Teotoniovilela16072007.jpg PSDB 1º de janeiro de 2007 1º de janeiro de 2011 Governador eleito em sufrágio universal
1º de janeiro de 2011 1º de janeiro de 2015 Governador reeleito em sufrágio universal
63 Renan Calheiros Filho Recebe em audiência o governador de Alagoas, Renan Filho. (16551164323) - cropped.jpg PMDB 1º de janeiro de 2015 Em exercício Governador eleito em sufrágio universal
1º de janeiro de 2019 Eleito Governador reeleito em sufrágio universal

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e «Alagoas: História». Nova Enciclopédia Barsa volume 1 ed. São Paulo: Encyclopædia Britannica do Brasil Publicações Ltda. 1998. p. 178 
  2. Prefeitura Municipal (2011). «Origem». Site Oficial do Município de Marechal Deodoro. Consultado em 19 de março de 2011. 
  3. «8 de outubro: Dia do Nordestino». Cá Estamos Nós. Consultado em 9 de outubro de 2010. 
  4. SODRÉ, Nelson Werneck (1998). «História da imprensa no Brasil». Mauad Editora. Consultado em 9 de outubro de 2010. 
  5. Redação (4 de dezembro de 2007). «Renan Calheiros renuncia ao cargo de presidente do Senado». UOL Notícias. Consultado em 6 de novembro de 2011. 
  6. Valderi Melo (6 de outubro de 2011). «Renan Filho é reeleito em Murici». Alagoas 24 Horas. Consultado em 6 de novembro de 2011. 
  7. «Cícero Almeida ganha com 81,49 % dos votos». O Estado de S. Paulo. 6 de outubro de 2008. Consultado em 6 de novembro de 2011. 
  8. FREIRE, Sílvia (17 de setembro de 2008). «Presidente da Assembleia de Alagoas é destituído do cargo». Folha de S. Paulo. Consultado em 6 de novembro de 2011. 
  9. OLIVEIRA, Deh (4 de julho de 2008). «Justiça afasta mais dois deputados de Alagoas indiciados na Operação Taturana». Folha Online. Consultado em 6 de novembro de 2011. 
  10. PC do B (10 de fevereiro de 2009). «Ministério Público pede prisão de deputados alagoanos». Partido Comunista do Brasil. Consultado em 6 de novembro de 2011. 
  11. «Fernando Toledo é eleito presidente da Assembleia de Alagoas». Alagoas Notícias. Consultado em 6 de novembro de 2011.. Arquivado do original em 30 de junho de 2015 
  12. MADEIRO, Carlos (13 de julho de 2009). «STF determina retorno de 8 deputados de Alagoas afastados por suspeita de corrupção». UOL Notícias Política. Consultado em 6 de novembro de 2011. 
  13. Eleições 2010 (31 de outubro de 2010). «Teotônio Vilela bate ex-governadores e é reeleito em Alagoas». Terra Notícias. Consultado em 6 de novembro de 2011.. Arquivado do original em 15 de dezembro de 2012 
  14. «Renan Filho (MDB) é reeleito governador de Alagoas». G1 
  15. a b c d e «Do Império à República: a história dos partidos políticos no Brasil, em 13.11.2014». www.tse.jus.br. Consultado em 19 de outubro de 2018. 
  16. a b «Do Império à República: a história dos partidos políticos no Brasil, em 13.11.2014». www.tse.jus.br. Consultado em 19 de outubro de 2018. 
  17. «Do Império à República: a história dos partidos políticos no Brasil, em 13.11.2014». www.tse.jus.br. Consultado em 19 de outubro de 2018. 
  18. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac ad ae af ag ah ai aj ak al am an ao ap aq ar as at au av aw ax Dutoit, Yann Picand, Dominique. «Partido Conservador (Brasil Império) : definição de Partido Conservador (Brasil Império) e sinónimos de Partido Conservador (Brasil Império) (português)». dicionario.sensagent.com. Consultado em 5 de outubro de 2018. 
  19. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac ad ae af ag ah ai aj ak al am an ao ap aq ar as at au av aw ax ay az «O Liberalismo no Brasil - Os primeiros partidos - Fernanda Barth». Fernanda Barth. 3 de fevereiro de 2016