José Bento da Cunha Figueiredo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Visconde do Bom Conselho

José Bento da Cunha Figueiredo, Visconde do Bom Conselho (Barra do Rio São Francisco, 22 de abril de 1808Rio de Janeiro, 14 de julho de 1891) foi um advogado e político brasileiro. Filho de Manuel da Cunha Figueredo e D. Joana Alves de Figueredo. Pai de José Bento da Cunha Figueiredo Júnior.

Doutor pela Faculdade de Direito de Olinda em 1833, foi deputado provincial em 1844 e presidiu as províncias de Alagoas (três vezes, de 14 de julho de 1849 a 5 de junho de 1850, de ? de 1850 a 20 de junho de 1851 e de ? de 1851 a 24 de abril de 1853), Pernambuco (de 1853 a 1856), Minas Gerais (de 1861 a 1862) e Pará (de 18 de outubro de 1868 a 16 de maio de 1869). Foi deputado geral por Pernambuco de 1845 a 1872 e senador pela mesma província, de 1869 a 1889. Foi também ministro de Estado em 1875.

Foi diretor de instrução no Rio de janeiro, Ministro dos negócios do Império no Gabinete de 1857 e dignatário da Ordem da Rosa.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Antônio Nunes de Aguiar
Presidente da província de Alagoas
1849 — 1850
Sucedido por
Manuel Sobral Pinto
Precedido por
Manuel Sobral Pinto
Presidente da província de Alagoas
1849 — 1850
Sucedido por
Manuel Sobral Pinto
Precedido por
Manuel Sobral Pinto
Presidente da província de Alagoas
1849 — 1850
Sucedido por
Manuel Sobral Pinto
Precedido por
Francisco Antônio Ribeiro
Presidente da província de Pernambuco
1853 — 1856
Sucedido por
Sérgio Teixeira de Macedo
Precedido por
Manuel Teixeira de Sousa
Presidente da província de Minas Gerais
1861 — 1862
Sucedido por
Joaquim Camilo Teixeira da Mota
Precedido por
Manuel José de Siqueira Mendes
Presidente da província do Pará
1868 — 1869
Sucedido por
Miguel Antônio Pinto Guimarães


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.