Manuel de Sousa Teixeira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Manuel de Sousa Teixeira
Nascimento 1785
Recife
Morte 11 de agosto de 1861 (76 anos)
Cidadania Brasil
Ocupação político

Manuel de Sousa Teixeira, o barão de Capiberibe, (Recife, 1785 — Recife, 11 de agosto de 1861) foi um político brasileiro.

Fez parte da Revolução Pernambucana, em 1817, foi preso e condenado a degredo perpétuo na África. Em 1821 foi anistiado e retornou ao estado.

Foi eleito vereador no Recife, tendo presidido a câmara, também foi deputado provincial em varias legislaturas.

Foi presidente da província de Pernambuco, nomeado por carta imperial de 18 de fevereiro de 1841, de 3 de abril a 7 de dezembro de 1841. Como vice-presidente exerceu a presidência interinamente duas vezes, de 5 de janeiro a 11 de julho de 1845 e de 19 a 26 de abril de 1848.

Foi tenente-coronel da Guarda Nacional e agraciado com a comenda da Imperial Ordem de Cristo.

Referências bibliográficas[editar | editar código-fonte]

  • Honorato, Manuel da Costa: Dicionário Topográfico, Estatístico e Histórico da Província de Pernambuco, 1863.


Precedido por
Tomás Antônio Maciel Monteiro
Presidente da província de Pernambuco
1841
Sucedido por
Francisco do Rego Barros
Precedido por
Tomás Xavier Garcia de Almeida
Presidente da província de Pernambuco
1845
Sucedido por
Antônio Pinto Chichorro da Gama
Precedido por
Antônio Pinto Chichorro da Gama
Presidente da província de Pernambuco
1848
Sucedido por
Vicente Pires da Mota
Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.