Joaquim Camilo Teixeira da Mota

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Joaquim Camilo Teixeira da Mota (Bom Jesus do Amparo, 15 de julho de 1815) foi um político brasileiro.

Foi 3º vice-presidente da provícia de Minas Gerais, tendo assumido a presidência de 17 de maio a 9 de dezembro de 1862.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
José Bento da Cunha Figueiredo
Presidente da província de Minas Gerais
1862
Sucedido por
José Joaquim Fernandes Torres


Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.