Carlos Augusto de Oliveira Figueiredo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Carlos Augusto de Oliveira Figueiredo (Rio de Janeiro, 4 de novembro de 1837 — Rio de Janeiro, 29 de outubro de 1912) foi um jurista, e político brasileiro.

Foi bacharel em ciências jurídicas e sociais pela Faculdade de Direito de São Paulo em 1858.

Foi presidente da província do Paraná, nomeado por carta imperial de janeiro de 1873, não assumindo o cargo por motivo de doença. Foi nomeado presidente da província de Minas Gerais, por carta imperial de 24 de dezembro de 1886, assumindo o cargo em 4 de fevereiro de 1887, exonerado a pedido por decreto de 6 de agosto de 1887.

Foi eleito deputado estadual em duas legislaturas, e senador em 1904.

Foi ministro do Supremo Tribunal Federal, nomeado por decreto de 6 de novembro de 1911, ocupando a vaga de Antônio Augusto Cardoso de Castro, assumindo o cargo em 11 de novembro do mesmo ano, renunciando à cadeira de senador.


Precedido por
Presidente da província de Minas Gerais
1887
Sucedido por


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.