Antônio Luís Afonso de Carvalho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Antônio Luís Afonso de Carvalho
Nascimento 5' 05UTC 'março' 05UTC '1828
Salvador
Morte 25' 25UTC 'janeiro' 25UTC '1892 (63 anos)
Salvador
Cidadania Brasil
Ocupação político

Antônio Luís Affonso de Carvalho (Salvador, 5 de março de 1828 — Salvador, 25 de janeiro de 1892) foi um jornalista, magistrado e político brasileiro.[1]

Foi presidente da província do Paraná, de 27 de novembro de 1869 a 20 de abril de 1870. Presidiu a província da Bahia duas vezes, de 1886 a 1888 e em 1889. Entre outras funções públicas, foi também titular da Secretaria de Estado dos Negócios da Justiça, no governo de Deodoro da Fonseca, da qual tomou posse em 22 de maio de 1891, sucedendo a Henrique Pereira de Lucena, o barão de Lucena. Ocupou na condição de interino a pasta da Instrução Pública, Correios e Telégrafos, naquele mesmo ano de 1891, sucedendo a João Barbalho Uchoa Cavalcanti.[2]

Ao final do governo Deodoro em novembro de 1891, retornou ao seu estado natal, voltando a exercer a magistratura. Consta que Ao longo de sua trajetória profissional militou também no jornalismo, escrevendo para o Jornal da Bahia.[1]

Morreu em Salvador, em 25 de janeiro de 1892.[2]

Referências

  1. a b «CPDOC - Verbetes - Primeira República» (PDF). Fundação Getúlio Vargas. Consultado em 23 de outubro de 2020 
  2. a b «Antônio Luís Afonso de Carvalho». mapa.an.gov.br. Consultado em 24 de outubro de 2020 


Precedido por
Agostinho Ermelino de Leão
Presidente da província do Paraná
1869 — 1870
Sucedido por
Agostinho Ermelino de Leão
Precedido por
Teodoro Machado Freire Pereira da Silva
Presidente da província da Bahia
1886 — 1888
Sucedido por
Manuel do Nascimento Machado Portela
Precedido por
Manuel do Nascimento Machado Portela
Presidente da província da Bahia
1889
Sucedido por
José Luís de Almeida Couto
Precedido por
Henrique Pereira de Lucena
Ministro da Justiça do Brasil
1891
Sucedido por
Antão Gonçalves de Faria