José Francisco Cardoso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde Fevereiro de 2010). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
José Francisco Cardoso
Nascimento 23 de março de 1830
Rio de Janeiro
Morte 8 de fevereiro de 1885 (54 anos)
Rio de Janeiro
Cidadania Brasil
Ocupação político

José Francisco Cardoso (Santa Cruz, Rio de Janeiro, 23 de março de 1830Rio de Janeiro, 8 de fevereiro de 1885) foi um político e advogado brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho do comendador Francisco José Cardoso e de Propícia Francisca Carneiro da Fontoura Barreto. Graduou-se em Direito na Faculdade de São Paulo em 24 de outubro de 1853. Foi secretário, nos anos seguintes, das províncias do Ceará e do Rio de Janeiro. Entre 2 de maio de 1859 e 16 de março de 1861, presidiu a província do Paraná. Durante períodos do final da década de 1860 e início da de 1870 ocupou o cargo de delegado do município de Itaguaí, na província do Rio de Janeiro, onde sua família dispunha de grande influência político-eleitoral. Era membro da Sociedade Auxiliadora da Indústria Nacional e cavaleiro da Ordem de Cristo. Casou-se com Clara Cândida de Figueiredo, filha do “capitalista” João Antonio de Figueiredo. Deste matrimônio resultou um único filho, José de Figueiredo Cardoso. Faleceu na Corte em 8 de fevereiro de 1885. Entre os descendentes de José Francisco Cardoso, figura o neto Ernani de Figueiredo Cardoso (1888-1950), político e empresário do ensino.


Precedido por
Luís Francisco da Câmara Leal
Presidente da província do Paraná
1859 — 1861
Sucedido por
Antônio Barbosa Gomes Nogueira