Carlos Augusto Ferraz de Abreu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Carlos Augusto Ferraz de Abreu
Nascimento 2 de fevereiro de 1834
Rio de Janeiro
Morte 21 de outubro de 1872 (38 anos)
Rio de Janeiro
Nacionalidade  Brasileiro
Ocupação Advogado, político

Carlos Augusto Ferraz de Abreu (Rio de Janeiro, 2 de fevereiro de 1834 — Rio de Janeiro, 21 de outubro de 1872) foi um advogado e político brasileiro.

Formado em direito pela Faculdade de Direito do Recife, em 1856.

Foi juiz de direito nas províncias de Pernambuco, Espírito Santo e Paraná.

Foi 1º vice-presidente da província do Paraná, assumindo a presidência interina por duas vezes, de 17 de agosto a 31 de outubro de 1867, e de 5 de maio a 14 de setembro de 1868. Presidiu a província de Santa Catarina, nomeado por carta imperial de 24 de outubro de 1868, assumindo o cargo em 11 de janeiro de 1869. Exonerado por decreto de 28 de julho de 1869, entregou o cargo ao vice-presidente Joaquim Xavier Neves em 11 de agosto de 1869, tendo este permanecido interinamente no cargo até 22 de novembro do mesmo ano, passando o cargo a Manuel do Nascimento da Fonseca Galvão, que completou o mandato em 3 de janeiro de 1870.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Piazza, Walter: Dicionário Político Catarinense. Florianópolis : Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1985.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Polidoro César Burlamaque
Presidente da província do Paraná
1867
Sucedido por
José Feliciano Horta de Araújo
Precedido por
José Feliciano Horta de Araújo
Presidente da província do Paraná
1868
Sucedido por
Antônio Augusto da Fonseca
Precedido por
Carlos de Cerqueira Pinto
Presidente da província de Santa Catarina
1869
Sucedido por
Joaquim Xavier Neves


Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.