Luís Ferreira do Nascimento Melo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Luiz Ferreira do Nascimento Mello
Nascimento 25 de dezembro de 1809
São José
Morte 16 de março de 1882 (72 anos)
São José
Nacionalidade  Brasileiro
Ocupação Militar, político

Luiz Ferreira do Nascimento Mello (São José, 25 de dezembro de 1809 — São José, 16 de março de 1882) foi um militar e político brasileiro.

Filho de Manoel Ferreira de Mello e Joanna Rita de Jesus. Casou em novembro de 1809, em São José com Anna Cândida Vieira da Rosa, filha do general Vieira da Rosa), com quem teve 9 filhos:

  1. Maria Luiza Ferreira de Mello (São José, 22 de novembro de 1831);
  2. Luiz Ferreira de Mello (São José, 2 de novembro de 1832 — São José, 22 de setembro de 1833);
  3. Antônio Luiz Ferreira de Mello (São José, 13 de junho de 1835 — São José, 30 de julho de 1885), casado com Anna Ernestina Xavier de Oliveira Câmara. Eram tios do cardeal Dom Jaime de Barros Câmara;
  4. Luiz Ferreira de Mello (São José, 17 de agosto de 1836 — São José, fevereiro de 1886);
  5. José Ferreira de Mello (São José, 1 de fevereiro de 1840 — São José, 1 de fevereiro de 1840);
  6. Henriqueta Cândida Ferreira de Mello (São José, 1840), casada com Felisberto Gomes Caldeira de Andrada, trineto de Felisberto Caldeira Brant, terceiro e o mais famoso contratador de diamantes de Diamantina;
  7. José Ferreira de Mello (São José, 9 de fevereiro de 1841 — São José, 1 de fevereiro de 1898), casado com Joaquina Cândida da Silva Ramos;
  8. João Luiz Ferreira de Mello (São José, 9 de julho de 1842 — São José, 2 de julho de 1912), casou em 19 de junho de 1895, em São José, com Júlia Rachel da Rosa;
  9. Manoel Ferreira de Mello (São José, 4 de dezembro de 1846 — Ilha de Paquetá, 14 de julho de 1900), casado com Maria Augusta Falcão.

Foi 4º vice-presidente da província de Santa Catarina, nomeado por carta imperial de 31 de julho de 1872, tendo assumido a presidência interina por duas vezes, de 8 a 24 de outubro de1873 e de 23 de abril a 7 de agosto de 1875.

Foi deputado à Assembleia Legislativa Provincial de Santa Catarina na 9ª legislatura (1852 — 1853), na 10ª legislatura (1854 — 1855), na 11ª legislatura (1856 — 1857), na 13ª legislatura (1860 — 1861), na 14ª legislatura (1862 — 1863), na 19ª legislatura (1872 — 1873), na 22ª legislatura (1878 — 1879).

Foi cavaleiro da Imperial Ordem de Cristo e da Imperial Ordem da Rosa, títulos recebidos do então Imperador D. Pedro II quando em visita à São José da Terra Firme. Exerceu o cargo de presidente da câmara por oito vezes, sendo aí o recordista no cargo até os dias de hoje. Foi Presidente da Câmara nos anos: 1839-1840, 1840-1841, 1845-1846, 1849-1852, 1869, 1872, 1877-1881 e 1881-1885.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Piazza, Walter: Dicionário Político Catarinense. Florianópolis : Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1985.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Pedro Afonso Ferreira
Presidente da província de Santa Catarina
1873
Sucedido por
João Tomé da Silva
Precedido por
João Tomé da Silva
Presidente da província de Santa Catarina
1875
Sucedido por
João Capistrano Bandeira de Melo Filho


Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.