Teodureto Carlos de Faria Souto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Teodureto Carlos de Faria Souto
Nascimento 3 de outubro de 1841
Ipu
Morte 11 de agosto de 1893 (51 anos)
Rio de Janeiro
Nacionalidade  Brasileiro
Ocupação Jornalismo e política
Constituição brasileira de 1891, página da assinatura de Teodureto Carlos de Faria Souto (oitava assinatura). Acervo Arquivo Nacional

Biografia[editar | editar código-fonte]

Teodureto Carlos de Faria Souto (Ipu, 3 de outubro de 1841Rio de Janeiro, 11 de agosto de 1893) foi um jornalista e político brasileiro.

Filho de José Francisco Souto Barateiro e de Ursulina Ferreira Passos, nasceu e foi batizado "em perigo de morte" na extinta freguesia de São Gonçalo da Serra dos Cocos, então sediada em Ipu, em 20 de janeiro de 1842.[1] A dita freguesia foi extinta em 27 de outubro de 1883, sendo criadas em seu lugar as freguesias de Nossa Senhora da Conceição de Ipueiras e a de São Sebastião do Ipu. A igreja de São Gonçalo passou a ser capela da freguesia de Ipueiras.

Foi bacharel pela Faculdade de Direito do Recife em 1865. Foi nomeado coletor municipal de Fortaleza, mas, exonerado no governo Homem de Melo, seguiu com os pais para o Rio de Janeiro e pôs banca de advogado em Cantagalo,[2] onde, em 24 de julho de 1869, casou-se com Elisa Dietrich (1846 - 1923).

Foi deputado geral pela província do Ceará de 1878 a 1881, no ministério de João Lins Vieira Cansanção de Sinimbu. Foi presidente das províncias de Santa Catarina, nomeado por carta imperial de 10 de fevereiro de 1883, de 28 de fevereiro a 29 de agosto de 1883, e do Amazonas, de 11 de março a 12 de julho de 1884.

Na República foi presidente do Banco do Brasil e senador pelo Ceará em 1891.

Referências

  1. Nossa Senhora da Conceição de Ipueiras, Livro de Batismos N.º 9, fl. 19.
  2. Portal da História do Ceará - Cearenses Ilustres

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Precedido por
Manuel Pinto de Lemos
Presidente da província de Santa Catarina
1883
Sucedido por
Francisco Luís da Gama Rosa
Precedido por
Guilherme José Moreira
Presidente da província do Amazonas
1884
Sucedido por
Joaquim José Pais da Silva Sarmento