Sinval Odorico de Moura

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Sinval Odorico de Moura (Caxias, 18288 de dezembro de 1885[1]) foi magistrado e político brasileiro.

Foi presidente das províncias do Amazonas, nomeado por carta imperial de 22 de novembro de 1862, de 7 de fevereiro de 1863 a 7 de abril de 1864, da Paraíba, de 18 de maio de 1844 a 22 de julho de 1865, do Piauí, de 4 de março a 15 de abril de 1880 e de 7 de fevereiro a 31 de dezembro de 1881, e do Ceará, de 12 de fevereiro a 1 de outubro de 1885.

Referências

  1. STUDART, Guilherme Chambly. Datas e Fatos para a História do Ceará - Último Quinquênio da Monarquia. Revista do Instituto do Ceará (1925): p. 296.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Manuel Gomes Correia de Miranda
Presidente da província do Amazonas
1863 — 1864
Sucedido por
Adolfo de Barros Cavalcanti de Albuquerque Lacerda
Precedido por
Felizardo Toscano de Brito
Presidente da província da Paraíba
1864 — 1865
Sucedido por
Felizardo Toscano de Brito
Precedido por
Manuel Ildefonso de Sousa Lima
Presidente da província do Piauí
1880
Sucedido por
Manuel Ildefonso de Sousa Lima
Precedido por
Firmino de Sousa Martins
Presidente da província do Piauí
1881
Sucedido por
Manuel Ildefonso de Sousa Lima
Precedido por
Carlos Honório Benedito Ottoni
Presidente da província do Ceará
1885
Sucedido por
Miguel Calmon du Pin e Almeida


Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.