João Pedro Dias Vieira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
João Pedro Dias Vieira
Nascimento 30 de março de 1820
Guimarães
Morte 30 de outubro de 1870 (50 anos)
Rio de Janeiro
Nacionalidade  Brasileiro
Ocupação Político

João Pedro Dias Vieira (Guimarães, 30 de março de 1820Rio de Janeiro, 30 de outubro de 1870) foi um magistrado, professor e político brasileiro. Pai do também senador e ministro do Supremo Tribunal de Justiça João Pedro Belfort Vieira e do ex-governador do estado do Maranhão Manuel Inácio Belfort Vieira.

Filho do capitão Manuel Inácio Vieira, patriarca das famílias Vieira, e Dias Vieira, do Maranhão. Iniciou seus estudos na Faculdade de Direito de Olinda, em Pernambuco, transferindo-se, depois, para a Faculdade de Direito de São Paulo, obtendo diploma de bacharel em direito, em 1841. Foi professor de Filosofia e Retórica no Maranhão. Promotor público em São Luís do Maranhão e mais tarde na comarca de Itapecuru Mirim, também no Maranhão.

Foi proprietário e redator do jornal “O Dissidente”, no Maranhão. Sobre o conselheiro Dias Vieira, publicou o Jornal do Brasil, em 1932: “Era de grande actividade, prudência e patriotismo, qualidades sempre reveladas em todos os actos da sua extensa vida pública. Morreu em extrema pobreza, tendo o governo imperial concedido à sua viúva, Isabel Nunes Belfort, uma pensão annual de um conto e duzentos mil réis.”

Foi ministro dos Estrangeiros, ministro do Império e da Marinha, em 1854; deputado geral, presidente de província e senador do Império do Brasil de 1861 a 1870.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Manuel Gomes Correia de Miranda
Presidente da província do Amazonas
1856 — 1857
Sucedido por
Manuel Gomes Correia de Miranda
Precedido por
Francisco Xavier Pais Barreto
Presidente da província do Maranhão
1858
Sucedido por
João Lustosa da Cunha Paranaguá
Precedido por
Antônio Manuel de Campos Melo
Presidente da província do Maranhão
1863
Sucedido por
Ambrósio Leitão da Cunha
Precedido por
Joaquim Raimundo de Lamare
Ministro da Marinha do Brasil
1864
Sucedido por
Francisco Carlos de Araújo Brusque
Precedido por
Domiciano Leite Ribeiro
Ministro dos Transportes do Brasil
e
Ministro da Agricultura do Brasil

1864
Sucedido por
Jesuíno Marcondes de Oliveira e Sá
Precedido por
Francisco Xavier Pais Barreto
Ministro das Relações Exteriores do Brasil
1864
Sucedido por
Carlos Carneiro de Campos
Precedido por
Carlos Carneiro de Campos
Ministro das Relações Exteriores do Brasil
1864 — 1865
Sucedido por
José Antônio Saraiva


Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.