Félix de Barros Cavalcanti de Lacerda

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Félix de Barros Cavalcanti de Lacerda
Nascimento 1 de agosto de 1880
Londres
Morte 8 de março de 1950 (69 anos)
Rio de Janeiro
Cidadania Brasil
Ocupação político

Félix de Barros Cavalcanti de Lacerda ComTEGCC (Londres, 1 de agosto de 1880Rio de Janeiro, 8 de março de 1950) foi um ministro de Estado brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho do diplomata Henrique de Barros Cavalcanti de Lacerda, que foi Ministro da Legação brasileira em Santiago do Chile na última década do século XIX.[1] Por essa razão, fez seus estudos secundários na capital chilena. Formou-se na Faculdade Nacional de Direito da Universidade do Rio de Janeiro e tornou-se secretário da carreira diplomática brasileira em 1904. Dirigiu, interinamente, as representações do Brasil no México e em Bruxelas e, efetivamente, na condição de ministro plenipotenciário e embaixador, as representações da América Central, de Viena e de Lima.[2]

A 18 de Novembro de 1918 foi feito Comendador da Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito e a 20 de Janeiro de 1934 foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem Militar de Cristo de Portugal.[3] Também tinha o grande oficialato da Ordem de São Gregório Magno, que lhe fora conferida pelo Papa Bento XV, e a comenda da Ordem da Coroa da Bélgica, por serviços prestados à Igreja naquele país.[4]

Exerceu o cargo de Secretário-Geral do Ministério das Relações Exteriores, o segundo na hierarquia do Itamaraty, na gestão do chanceler Afrânio de Melo Franco, quando contribuiu para a implementação de reformas do serviço diplomático e consular brasileiro após a Revolução de 1930. Assumiu interinamente o Ministério das Relações Exteriores do Brasil no governo de Getúlio Vargas, de 28 de dezembro de 1933 a 26 de julho de 1934.

Em São Paulo, a Avenida Embaixador Cavalcanti de Lacerda, localizada no bairro do Butantã, foi nomeada em sua homenagem.

Referências

  1. D.O.U. 16/12/1896, p. 6, seção 1
  2. História das Ruas de São Paulo
  3. «Cidadãos Estrangeiros Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Félix de Barros Cavalcanti de Lacerda". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 16 de abril de 2015. 
  4. «Foi nomeado, interinamente, para a pasta do Exterior o Embaixador Lacerda Cavalcanti». Hemeroteca Digital Brasileira. Jornal do Brasil. 1 de fevereiro de 1934. Consultado em 20 de março de 2018. 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Afrânio de Melo Franco
Ministro das Relações Exteriores do Brasil
1933 — 1934
Sucedido por
José Carlos de Macedo Soares