Eneias Martins

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Eneias Martins
Nascimento 1872
Cametá
Morte 2 de julho de 1919 (47 anos)
Nacionalidade  Brasileiro
Ocupação Jornalista, político

Eneias Martins[1] (Cametá, 1872Rio de Janeiro, 2 de julho de 1919) foi um jornalista e político brasileiro.

Se formou em ciências jurídicas na Faculdade de Direito de Recife, ao voltar para Belém foi deputado federal de 1894 a 1896, em 1895 fundou um dos maiores jornais da região norte, A Folha do Norte.

Foi ministro interino das Relações Exteriores no governo Hermes da Fonseca, de 10 a 14 de fevereiro de 1912.

Foi governador do Pará, de 1 de fevereiro de 1913 a 27 de dezembro de 1916, quando foi deposto por um levante militar.

Referências

  1. Pela grafia arcaica, Eneas Martins

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
José Maria da Silva Paranhos Júnior
Ministro das Relações Exteriores do Brasil
1912
Sucedido por
Lauro Müller
Precedido por
João Antônio Luís Coelho
Governador do Pará
1913 — 1917
Sucedido por
Lauro Sodré


Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.