Gentil Augusto de Morais Bittencourt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Gentil Augusto de Morais Bittencourt (Cametá, 22 de setembro de 1854Belém, 30 de março de 1942) foi um político e magistrado brasileiro.[1]

Iniciou a carreira de magistrado em 1874, nomeado Promotor Público da cidade de Vigia. Em 1880 assumiu a promotoria da capital. Foi nomeado Juiz de Direito de casamentos em 1890, e no ano seguinte, em 20 de junho, foi nomeado desembargador.

Foi eleito vice-governador do estado do Pará em 7 de fevereiro de 1891, exercendo o cargo de governador de 7 de fevereiro até 25 de março de 1891.[1] Assumiu o governo em substituição a Justo Chermont, que se afastou do Pará para exercer as funções de Ministro das Relações Exteriores.[1] Gentil Bittencourt ocupou também interinamente a Intendência (prefeitura) de Belém nos anos de 1921 a 1923.

Referências

  1. a b c «BITTENCOURT, Gentil» (PDF). CPDOC. Consultado em 1 de maio de 2021 


Precedido por
Justo Leite Chermont
Governador do Pará
1891
Sucedido por
Duarte Huet de Bacelar Pinto Guedes


Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço relacionado ao Projeto Biografias de Políticos. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.