Herculano de Freitas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Uladislau Herculano de Freitas Guimarães
Uladislau Herculano de Freitas Guimarães
Presidente do Paraná
Período De 18 de fevereiro de 1890 a 4 de março de 1890
Antecessor José Marques Guimarães
Sucessor Américo Lobo Leite Pereira
Dados pessoais
Nascimento 25 de novembro de 1865
Florianópolis
Morte 14 de maio de 1926 (60 anos)
Cidade do Rio de Janeiro
Profissão advogado

Uladislau Herculano de Freitas Guimarães (Arroio Grande, 25 de novembro de 1865Rio de Janeiro, 14 de maio de 1926) foi um advogado e político brasileiro e o terceiro presidente do Paraná em período republicano.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Foi assentado por vontade própria de Uladislau de Freitas Guimarães o posto de praça em 1883. Essa sua hierarquia militar teve com objetivo o fato de ser matriculado para estudar na Escola Militar de Porto Alegre, como aconteceu de verdade. Mas seu julgamento definiu sua incapacidade física para o serviço militar do Exército. Um ano depois de ser dispensado do serviço militar foi estudar na Faculdade de Direito de São Paulo. Teve sua transferência para a Faculdade de Direito do Recife, onde terminou o quarto ano. Porém, retornou a São Paulo, onde recebeu o bacharelato em 8 de março de 1889.[1]

Casou-se com a filha do eminente político paulista general Francisco Glicério. Durou muito tempo sua carreira política, ocupando profissões como advogado, jornalista e tribuno. Após a Proclamação da República no Brasil, entregou-se ao exercício do cargo de Chefe de Polícia do Paraná. Logo depois, em 1890, foi nomeado como terceiro presidente do Paraná em período republicano.[1]

A Faculdade de Direito de São Paulo nomeou Uladislau Herculano de Freitas Guimarães como lente substituto da instituição educacional por Decreto de 30 de dezembro de 1890. Foi tomado posse de lente substituto e recebido o grau de doutor em 16 de janeiro de 1891. Através do Decreto de 21 de março daquele ano a Faculdade de Direito de São Paulo nomeou o advogado gaúcho como lente catedrático. Foi professor da segunda cadeira da primeira série de notariado. Foi tomado posse por Uladislau Herculano de Freitas Guimarães a segunda cadeira da primeira série de notariado no dia 27 de abril de 1891.[1]

Ocupou os cargos de deputado estadual, deputado federal e senador estadual por São Paulo. A Faculdade de Direito de São Paulo nomeou Uladislau como lente catedrático de direito criminal. Entre 10 de fevereiro e 1 de maio de 1902 trocou o cargo de lente catedrático de direito criminal com o doutor José Mariano Corrêa de Camargo Aranha pelo de catedrático de direito público e constitucional. Ficou em afastamento da cátedra porque teve deveres políticos.[1]

Entre 11 de agosto de 1913 a 15 de novembro de 1914, ocupou a pasta de Ministro da Justiça do Presidente do Brasil Hermes da Fonseca. Dirigiu a Faculdade de Direito de São Paulo de 1915 até 1917. Passou a ser diretor efetivo dessa instituição pelo Decreto de 26 de março de 1917.[1]

Ocupou a pasta de Secretário da Justiça e Segurança Pública de São Paulo enquanto foi presidente do estado paulista o senhor Altino Arantes. Em 1922, ocupou pela segunda vez a pasta de Senador Estadual de São Paulo e também o de Senador Federal por São Paulo. Funcionou como relator da reforma constitucional.[1]

Ocupou disponivelmente a cadeira de catedrático da Faculdade de Direito de São Paulo em 29 de agosto de 1925 e a pasta de Ministro do Supremo Tribunal Federal no dia 7 de dezembro do mesmo ano. Morreu na cidade do Rio de Janeiro, aos 60 anos de idade, em plena inteligência.[1]

Referências

  1. a b c d e f g h Governo do Paraná. «Biografia de Uladislau Herculano de Freitas Guimarães». Secretaria de Estado de Governo. Consultado em 30 de junho de 2013 


Precedido por
José Marques Guimarães
Governador do Paraná
1890
Sucedido por
Américo Lobo Leite Pereira
Precedido por
Rivadávia da Cunha Correia
Ministro da Justiça
e
Negócios Interiores do Brasil

1913 — 1914
Sucedido por
Carlos Maximiliano Pereira dos Santos


Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.