Mem de Azambuja Sá

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Mem de Azambuja Sá
Nascimento 10 de maio de 1905
Porto Alegre
Morte 14 de março de 1989 (83 anos)
Nacionalidade Brasileiro
Ocupação Advogado, político

Mem de Azambuja Sá (Porto Alegre, 10 de maio de 1905Rio de Janeiro, 14 de março de 1989) foi um advogado e político brasileiro.[1]

Foi eleito deputado estadual, pelo Partido Libertador, para a 38ª e 39ª Legislatura da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, de 1947 a 1955.[2]

Foi ministro da Justiça e Negócios Interiores no governo Castelo Branco, de 14 de janeiro a 28 de junho de 1966. Em abril de 1971, foi nomeado pelo residente Ernesto Geisel ministro do TCU, em decorrência da aposentadoria de Guilhermino de Oliveira. Foi também presidente daquela casa no ano de 1972.[3]

Teve dois mandatos de senador, de 1956 a 1971.[3]

Referências

  1. Brasil, CPDOC-Centro de Pesquisa e Documentação História Contemporânea do. «SA, MEM DE». CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil. Consultado em 1 de dezembro de 2020 
  2. HEINZ, Flávio M.; VARGAS, Jonas Moreira; FLACH, Angela, MILKE, Daniel Roberto. O Parlamento em tempos interessantes: breve perfil da Assembléia Legislativa e de seus deputados – 1947-1982, Porto Alegre: CORAG, 2005.
  3. a b União, Tribunal de Contas da. «Min. Mem de Sá (1971-1973) | Portal TCU». portal.tcu.gov.br. Consultado em 1 de dezembro de 2020 


Precedido por
Juracy Magalhães
Ministro da Justiça
e
Negócios Interiores do Brasil

1966
Sucedido por
Luís Viana Filho


Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço relacionado ao Projeto Biografias de Políticos. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.