Alcides Saldanha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Alcides Saldanha
Ministro Alcides José Saldanha
Ministro dos Transportes do Brasil
(interino)
Período 31 de janeiro de 1995
a fevereiro de 199515 de agosto de 1996
a 21? de maio de 1997
Presidente Fernando Henrique Cardoso
Antecessor(a) Odacir Klein
Sucessor(a) Eliseu Padilha
Secretário-Executivo do Ministério dos Transportes do Brasil
Período 10 de janeiro de 1995
a 21 de agosto de 1996
Ministro Odacir Klein
Antecessor(a) Cláudio Ivanof Lucarevschi
Sucessor(a) José Luiz Portella Pereira
Deputado federal pelo Rio Grande do Sul
(suplente)
Período 29 de agosto de 1988
a 20 de dezembro de 1988
17 de janeiro de 1990
a 14 de março de 1990[a]
Titulares
Secretário Estadual de Energia, Minas e Comunicação do Rio Grande do Sul
Período 1987 a 1988
Governador Pedro Simon
Senador pelo Rio Grande do Sul
(suplente)
Período 15 de março de 1985
a 14 de fevereiro de 1986[b]
Titular Pedro Simon
4.º Prefeito de Caçapava do Sul
Período 1º de fevereiro de 1973
a 1º de fevereiro de 1977
Antecessor(a) Ismael Vivian Eilers
Sucessor(a) Ciro Carlos de Melo
Vereador de Caçapava do Sul
Período 1964 a 1969
Dados pessoais
Nascimento 24 de julho de 1937
Caçapava do Sul, RS
Morte 27 de fevereiro de 2015 (77 anos)
Porto Alegre, RS
Nacionalidade brasileiro
Progenitores Mãe: Eva Alves Saldanha
Pai: Alcides Saldanha
Alma mater Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
Prêmio(s) Ordem do Mérito Militar[1]
Cônjuge Oyara Antoniazzi Saldanha
Partido PL (1963–1965)
MDB (1965–1979)
PMDB (1980–2015)
Profissão advogado, político

Alcides José Saldanha GOMM (Caçapava do Sul, 24 de julho de 1937Porto Alegre, 27 de fevereiro de 2015) foi um advogado e político brasileiro filiado ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB). Foi ministro interino dos Transportes e secretário-executivo do mesmo durante o governo Fernando Henrique Cardoso. Pelo Rio Grande do Sul foi senador, deputado federal e secretário de Energia, além de prefeito e vereador de Caçapava do Sul.[2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de Alcides Saldanha e Eva Alves Saldanha. Bacharel em direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul foi eleito vereador em Caçapava do Sul em 1964 pelo Partido Libertador. Após a extinção dos partidos políticos decretada em 1965 pelo governo militar ingressou no MDB e foi eleito prefeito do município em 1972. Enecerrado seu período como alcaide caçapavano foi eleito primeiro suplente de senador em 1978 e depois nomeado assessor (1979-1982) e a seguir diretor-geral (1982) da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul. Ligado ao senador Pedro Simon foi convocado a exercer o mandato na Câmara Alta do Parlamento durante a passagem do titular pelo Ministério da Agricultura (1985-1986) no primeiro ano do governo de José Sarney.

Eleito suplente de deputado federal pelo PMDB em 1986, foi nomeado Secretário de Energia, Minas e Comunicação pelo governador Pedro Simon, cargo do qual se afastou para exercer o mandato parlamentar em duas ocasiões: uma quando Antônio Brito disputava a eleição em Porto Alegre em 1988 e outra quando Luís Roberto Ponte chefiou a Casa Civil (1989-1990) de José Sarney. No primeiro governo Fernando Henrique Cardoso foi secretário-geral do Ministério dos Transportes, tendo ocupado o cargo de ministro após a demissão de Odacir Klein, permanecendo no cargo de 16 de agosto de 1996 a 21 de maio de 1997.

Em março de 1997, como ministro interino dos Transportes, Alcides foi admitido pelo presidente Fernando Henrique Cardoso à Ordem do Mérito Militar no grau de Grande-Oficial especial.[1]

Notas

  1. Assume como suplente de Antônio Britto durante sua licença e como suplente de Luís Roberto Ponte durante seu período como Ministro-Chefe do Gabinete Civil.
  2. Assume como suplente de Pedro Simon durante seu período como Ministro da Agricultura.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Odacir Klein
Ministro dos Transportes do Brasil
1996 — 1997
Sucedido por
Eliseu Padilha
Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.