Severino Vieira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Severino Vieira.jpg

Severino dos Santos Vieira (Ribeira do Conde, 8 de junho de 1849Salvador, 23 de setembro de 1917) foi um político brasileiro. Foi senador da República e presidente do estado da Bahia.

Política[editar | editar código-fonte]

Exerceu a magistratura na terra natal, antes de se consagrar à política.

Inicialmente ligado ao grupo de Luiz Vianna, como ele oriundo do Partido Conservador do Império, por disputas internas do grupo, durante a República dele torna-se adversário, junto ao Barão de Jeremoabo, razão pela qual pautou sua administração por desfazer muitas das obras realizadas por seus predecessores, Vianna e Rodrigues Lima. Sua administração foi marcada pela construção do Porto de Salvador e graves crises financeira e com o judiciário e o comércio.

Foi Ministro da Viação, durante a administração do Presidente Campos Sales.

Em 1901 adquiriu o Diário da Bahia, jornal que há dois anos estava fora de circulação, presidindo-o até sua morte, em 1917.[1]

Secretariado[editar | editar código-fonte]

  • Asclepíades Jambeiro - Secretário de Polícia
  • José de Souza Leite - Secretário da Fazenda

Referências

  1. CARVALHO JR., Álvaro Pinto de. O Barão de Jeremoabo e a Política de seu Tempo. Salvador, SECT, 2006. ISBN 85-7505-147-4
Precedido por
Jerônimo Rodrigues de Morais Jardim
Ministro dos Transportes do Brasil
18981900
Sucedido por
Alfredo Eugênio de Almeida Maia
Precedido por
Luís Viana
Presidente da Bahia
1900 — 1904
Sucedido por
José Marcelino de Sousa
Portal Bahia.svg A Wikipédia possui o Portal da Bahia. Artigos sobre história, cultura, personalidades e geografia.