Guilherme Marback

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Guilherme Marback
Nome completo Guilherme Carneiro da Rocha Marback
Nascimento 28 de março de 1898
Salvador
Morte 6 de abril de 1954 (56 anos)
Nacionalidade  Brasileiro
Ocupação Advogado, político

Guilherme Carneiro da Rocha Marback (Salvador, 28 de março de 1898 — Salvador, 6 de abril de 1954) foi um político brasileiro e governador interino do Estado da Bahia.

É filho do casal Guilherme Lassanse Marback e Maria Madalena Carneiro da Rocha Marback. [1]

Em 8 de dezembro de 1919, formou-se em Direito na Faculdade de Direito da Bahia. Ao lado de outros, fundou o Instituto de Economia e Finanças da Bahia, do qual foi presidente e vice-presidente. Foi ainda professor e diretor da Faculdade de Ciências Econômicas da Universidade Federal da Bahia.[1]

Anteriormente à carreira político-eleitoral, também exerceu os cargos de Fiel de Tesoureiro do Banco Auxiliar das Classes (ainda durante o curso superior), Fiscal da Inspetoria Geral dos Bancos (nomeado em 2 de junho de 1921), oficial do gabinete do governador Vital Soares entre 29 de março de 1928 e 24 de outubro de 1930 e tabelião de Notas da Comarca de Salvador a partir de abril de 1932.[1]

Candidatou-se em 1934 e foi eleito eleito Deputado representante dos funcionários públicos à Assembleia Constituinte da Bahia. A nova Carta Estadual foi promulgada e continuou a exercer o mandato até 10 de novembro de 1937, devido ao Estado Novo. Candidatou-se para outra assembleia constituinte e foi eleito novamente, dessa vez deputado da Assembleia Nacional Constituinte de 1946; entretanto, não assumiu pois nomeado em fevereiro Interventor Federal. Logo em junho do mesmo ano, exonerou-se do cargo. Foi chefe da Secretaria da Fazenda e Tesouro por duas vezes: de 11 de março a 31 de dezembro de 1938, na interventoria de Landulfo Alves, e de 3 de dezembro se 1942 a 29 de outubro de 1945, na interventoria de Pinto Aleixo.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d «Memória da Fazenda da Bahia 1895-2005» (PDF). SEFAZ-BA. Consultado em 4 de Outubro de 2015. 
Precedido por
Bulcão Viana
Governador da Bahia
1946
Sucedido por
Cândido Caldas