Cláudia Costin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Cláudia Costin
Cláudia Costin
Secretária Municipal da Educação do
Rio de Janeiro
Período 2009 a 2014
Prefeito Eduardo Paes
Secretária Estadual da Cultura de
São Paulo
Período 2003 a 2005
Governador Geraldo Alckmin
Secretária da Administração e do Patrimônio do Brasil
Período 1999
Presidente Fernando Henrique Cardoso
Ministra da Administração Federal e Reforma do Estado do Brasil
(interina)
Período 1995 a 1998
Presidente Fernando Henrique Cardoso
Antecessor(a) Luiz Carlos Bresser-Pereira
Sucessor(a) Luiz Carlos Bresser-Pereira
Secretária-Executiva do Ministério da Administração Federal e Reforma do Estado do Brasil
Período 1995 a 1998
Ministro Luiz Carlos Bresser-Pereira
Dados pessoais
Nome completo Cláudia Maria Costin
Nascimento 24 de janeiro de 1956 (66 anos)
São Paulo, SP
Nacionalidade brasileira
Alma mater Fundação Getulio Vargas (FGV)
Prêmio(s) Ordem do Mérito Militar[1]
Profissão professora, acadêmica, administradora, economista

Claudia Maria Costin ComMM (São Paulo, 24 de janeiro de 1956)[2] é uma professora, acadêmica, administradora e economista brasileira. Foi ministra interina da Administração Federal e secretária da Administração no governo Fernando Henrique Cardoso. Por São Paulo, foi secretária da Cultura durante o governo Alckmin. Pela cidade do Rio de Janeiro, foi secretária da Educação durante o mandato de Eduardo Paes.

Formação[editar | editar código-fonte]

Nascida em São Paulo e filha de imigrantes romenos,[3] Claudia Costin graduou-se em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas em 1978, concluiu mestrado em Economia Aplicada à Administração (1986) e Doutorado em Administração Pública pela mesma instituição.[4][5]

Atuação profissional[editar | editar código-fonte]

Ao longo da carreira, Costin foi professora universitária em distintas instituições de ensino superior, como o IBMEC, a Fundação Armando Álvares Penteado, a Fundação Getúlio Vargas e as universidades PUC-SP, Unicamp, Unitau e UnB.[4][5]

Costin foi ministra da Administração e Reforma do Estado durante o governo Fernando Henrique Cardoso (entre 1995 e 2002). Também ocupou o cargo de Secretária de Cultura do Estado de São Paulo durante a primeira gestão de Geraldo Alckmin (PSDB) como governador, entre 2003 e 2005.[6]

Em 1998, Cláudia foi admitida pelo presidente Fernando Henrique Cardoso à Ordem do Mérito Militar no grau de Comendadora especial.[1]

Em seguida, em 2005, Claudia Costin assumiu a vice-presidência da Fundação Victor Civita,[4] uma ONG mantida pelo Grupo Abril com o foco na educação.[7]

A convite do prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB), Costin assumiu a Secretaria Municipal de Educação do Rio, de janeiro de 2009 a maio de 2014. Em sua gestão, a nota das escolas municipais na prova do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) subiu 22%.[8] Em julho de 2014, assumiu o cargo de Diretora Global de Educação do Banco Mundial.[9]

Em 2016, convidada para lecionar em Harvard após a sua saída do Banco Mundial, Costin planejou e lecionou aulas para candidatos ao mestrado sobre o Banco Mundial e sobre reforma educacional no Rio de Janeiro e em outras cidades globais.[10] Nesse período, também iniciando seu trabalho para o lançamento do seu Think Tank o qual pretende mapear e pesquisa iniciativas inovadoras na educação no Brasil em parceria com a FGV-Rio, Harvard e Instituição Brookings.[11]

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Administração Pública, 2010[12]

Referências

  1. a b BRASIL, Decreto de 31 de março de 1998.
  2. «Entrevista |Cláudia Costin Pelo desafio de uma escola de paz - Índice - Educação na mídia - Todos Pela Educação». Todos Pela Educação. Consultado em 12 de novembro de 2015. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  3. Entrevista Claudia Costin. revistaepoca.globo.com.
  4. a b c «CV Lattes de Claudis Costin» 
  5. a b «Cláudia Costin | Página do Autor | Elsevier». www.elsevier.com.br. Consultado em 12 de novembro de 2015. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  6. «Ex-ministra do governo Fernando Henrique vai assumir secretaria no Ministério da Educação - Notícias - UOL Educação». educacao.uol.com.br. Consultado em 12 de novembro de 2015 
  7. «Entrevista Claudia Costin - Educar para Crescer». educarparacrescer.abril.com.br. Consultado em 12 de novembro de 2015. Arquivado do original em 5 de março de 2016 
  8. «Claudia Costin». www.worldbank.org. Consultado em 12 de novembro de 2015 
  9. «Ex-secretária do Rio assume diretoria de educação do Banco Mundial». Educação. Consultado em 12 de novembro de 2015 
  10. «Claudia Costin». Harvard Graduate School of Education. Consultado em 9 de dezembro de 2016 
  11. «Em parceria com Harvard, FGV terá centro de inovação educacional no Rio - 25/11/2016 - Educação - Folha de S.Paulo». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 9 de dezembro de 2016 
  12. «ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA | Podcasts | Universitários | Elsevier». www.elsevier.com.br. Consultado em 12 de novembro de 2015 [ligação inativa]