Urbano Santos da Costa Araújo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Urbano Santos da Costa Araújo
Dados pessoais
Nascimento 3 de fevereiro de 1859
Guimarães
Morte 7 de maio de 1922 (63 anos)
em viagem entre o Maranhão e o Rio de Janeiro
Nacionalidade  Brasileiro
Progenitores Mãe: Maria das Rosas Araújo
Pai: Joaquim da Costa Araújo
Ocupação Política

Urbano Santos da Costa Araújo, mais conhecido por Urbano Santos (Guimarães, 3 de fevereiro de 1859Rio de Janeiro, 7 de maio de 1922),[1] foi um jurista, promotor e político brasileiro. Foi também vice-presidente no governo de Vencesleu Brás.

Filho de Antônio Brício de Araújo, formou-se pela Faculdade de Direito do Recife, em 1882 e foi juiz municipal da cidades maranhenses de Coroatá, São Bento e São Vicente Ferrer. Assumiu também o ministério da Justiça e Negócios Interiores, entre 3 de dezembro de 1918 e 28 de julho de 1919, durante o governo de Delfim Moreira.

Morreu em viagem entre o Maranhão e o Rio de Janeiro, em 7 de maio de 1922.

Carreira política[editar | editar código-fonte]

Foi deputado federal de 1897 a 1905, governador em 1913, senador entre 1906 e 1914 e vice-presidente do Brasil entre 1914 e 1918, durante a presidência de Venceslau Brás. Assumiu interinamente a presidência do Brasil em 1917. Reeleito para a vice-presidência na chapa de Artur Bernardes em 1922, morreu antes de ser empossado.

Referências

  1. «Wenceslau Braz Pereira Gomes > Vice-presidente > Urbano Santos da Costa Araújo». Biblioteca Virtual da Presidência. Consultado em 3 de setembro de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Venceslau Brás
Vice-presidente do Brasil
1914 — 1918
Sucedido por
Delfim Moreira
Precedido por
Raul da Cunha Machado
Governador do Maranhão
1918 — 1922
Sucedido por
Raul da Cunha Machado
Precedido por
Amaro Bezerra Cavalcanti de Albuquerque
Ministro da Justiça
e
Negócios Interiores do Brasil

1918 — 1919
Sucedido por
Alfredo Pinto Vieira de Melo


Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.